iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/10 - 14:26

Preteridos na Copa, Neymar e Pato são elogiados por Dunga
“Neymar será uma 'estrela' do futebol e Pato é potente como uma Ferrari”, disse Dunga sobre os jovens atacantes

Samir Carvalho, iG São Paulo

O técnico Dunga, que está desempregado desde a eliminação da seleção brasileira no Mundial da África do Sul, se rendeu ao talento de Neymar e Alexandre Pato, preteridos entre os convocados do treinador na época. Em entrevista ao jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", o técnico afirmou que o camisa 11 do Santos será uma das grandes “estrelas” do futebol, e que Pato é um fenômeno e potente como uma Ferrari.

“O Neymar tem o dom de driblar em velocidade com a bola e possui todas as qualidades para se tornar uma estrela do futebol mundial. Ele já foi comparado a Pelé, porém não podemos exagerar”, disse Dunga, que também destacou as qualidades de Alexandre Pato.

“O Pato é um fenômeno, mas é potente e delicado como uma Ferrari. Tem que cuidar mais de seus preciosos músculos”, afirmou o treinador.

Questionado sobre o interesse do Juventus, da Itália, na contratação de Neymar, o ex-técnico da seleção brasileira declarou que os italianos farão um grande negócio. “Seria um bom negócio. O Juventus é um time importante, sabe lidar com talentos. Neymar é muito jovem, mas já estreou pela seleção”, disse.

Além de Neymar e Pato, Dunga elogiou outro atleta preterido por ele na Copa da África: o volante Hernanes, que atuava no São Paulo e joga na Lazio, da Itália. “Hernanes já se tornou uma estrela. Eu sempre acreditei neste talento, não por acaso eu o levei para as Olimpíadas. Eu li que é considerado o novo Kaká. Para mim, tem alto potencial para se tornar um jogador como o Pirlo”, concluiu. 


Leia mais sobre: Dunga Neymar Alexandre Pato Santos Seleção brasileira

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Getty Images

us dunga

Rejeitados, mas elogiados
Dunga enaltece as qualidades de Alexandre Pato e Neymar, que ele não levou para a Copa do Mundo

Topo
Contador de notícias