iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/10 - 18:24

Bahia sofre no fim, mas bate o Guaratinguetá por 2 a 1

Guarú marcou um gol no final que quase animou os visitantes, mas o time nordestino ficou com os três pontos

Gazeta Esportiva

Atuando no Estádio de Pituaçu o Bahia, conseguiu se recuperar, neste sábado, da goleada por 4 a 2 sofrida contra o Icasa, em seu último jogo como mandante. Mais efetiva no primeiro tempo, a equipe bateu o Guaratinguetá por 2 a 1. Os gols da partida foram marcados por Adriano e Morais, para os donos da casa, e por Guarú, para os visitantes.

O Bahia dominou o jogo durante todo o primeiro tempo e por boa parte do segundo, mas isso não foi suficiente para que a equipe não sofresse um sufoco no final, quando o Guaratinguetá teve chances de empatar a partida.

Com o resultado o Bahia foi para a terceira colocação, com 48 pontos, enquanto o Guaratinguetá manteve-se com 38 pontos, no décimo lugar.

Na próxima rodada, terça-feira, o Bahia enfrentará o São Caetano, fora de casa, enquanto o Guaratinguetá jogará no Vale do Paraíba contra o Paraná.

O jogo
Logo aos quatro minutos de jogo o Bahia conseguiu criar a sua primeira chance de gol. Após uma tabela com Adriano, o atacante Everton teve condições de finalizar, mas foi travado a tempo pelo zagueiro Jorge Luiz. Dois minutos depois, Adriano invadiu a área e acertou um lindo chute no travessão, que ainda bateu em cima da linha do gol, mas não entrou.

A pressão inicial deu resultado para a equipe da casa aos oito minutos, quando o atacante Adriano apareceu novamente livre na frente do goleiro Jailson. Desta vez, ele não titubeou, e bateu de primeira, de perna esquerda, para abrir o placar.

Após o primeiro gol a partida ficou mais aberta, e o Guaratinguetá melhorou no jogo. Aos 22 minutos o lateral Régis foi o responsável pela primeira boa chance do clube paulista. Ele bateu forte de fora da área e a bola passou perto do gol de Fernando.

Porém, o Bahia seguiu mais perigoso na partida, e teve duas chances seguidas de aumentar a vantagem. Na primeira, aos 25 minutos o atacante Adriano recebeu na área, driblou o goleiro Jaílson e rolou para Morais, que desperdiçou a oportunidade batendo fraco para o meio. Dois minutos mais tarde o lateral direito Jancarlos bateu cruzado para a área e Adriano, com o gol livre, conseguiu mandar a bola por cima da meta.

Nos minutos restantes do primeiro tempo o Guaratinguetá não se intimidou com a desvantagem, e buscou levar perigo à meta de Fernando. No entanto, a equipe paulista falhava nas finalizações.

A última chance do primeiro tempo foi favorável ao Bahia, em um chute forte de fora da área do meia Hélder que foi bem defendido pelo goleiro Jaílson.

Na volta para o segundo tempo, a equipe da casa conseguiu, logo no começo, um pênalti ao seu favor. O lateral Ávine invadiu a área e foi derrubado por Léo Silva. Na cobrança, o meia Morais cobrou e ampliou o placar para o Bahia: 2 a 0.

O gol fez com que o Guaratinguetá se arriscasse mais no ataque e passasse a dominar a partida. Aos 26 minutos, Jhon saiu cara do gol, mas o goleiro Fernando fechou bem o ângulo e conseguiu espalmar a bola.

Aos 35 minutos a pressão do Guará deu resultado. Após o zagueiro Nen aplicar um carrinho em Jhon, o árbitro marcou pênalti para a equipe paulista. Na cobrança, dois minutos mais tarde, Guarú bateu, o goleiro Fernando defendeu mas, no rebote, o mesmo Guarú diminuiu para os visitantes.

O gol animou os paulistas, que tiveram uma chance de empatar o jogo logo no minuto seguinte, numa cabeçada perigosa de Gustavo Bastos.

Com muita disposição, o Guaratinguetá foi para cima do Bahia nos minutos finais, e quase conseguiu a sua meta. Aos 42 minutos, o meia Morais, da equipe da casa, tentou simular um pênalti e acabou levando o segundo cartão amarelo, que resultou em sua expulsão de campo. Logo em seguida, Guaru marcou para os paulistas, mas o assistente marcou impedimento.

Muito ofensivo, o Guaratinguetá oferecia os contra-ataques para o adversário. Em um deles, o lateral Jancarlos cruzou para Marcone que, livre, conseguiu cabecear por cima do travessão.

No fim, apesar da pressão do time visitante, o Bahia conseguiu manter a vitória, que levou a equipe para a terceira posição da Série B. O Guaratinguetá, por sua vez, se manteve na décima posição, na zona intermediária da tabela.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias