iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/10 - 18:50

Felipão é suspenso por dois jogos por expulsão no clássico
Treinador não comanda time na beira do campo contra o Avaí, nesta quinta-feira, e contra o Botafogo, no domingo

iG São Paulo

Luiz Felipe Scolari não escapou ileso do julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Em julgamento realizado nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, o treinador do Palmeiras foi punido com dois jogos de suspensão pela expulsão contra o São Paulo por infração ao artigo 258.

Por maioria de votos, Felipão não poderá comandar o time na beira do gramado contra o Avaí, nesta quinta-feira, no Pacaembu, e contra o Botafogo, no domingo, no Engenhão.

O presidente da mesa, Henrique Dominici, afirmou que Felipão deveria ser o exemplo dentro de campo por causa da sua experiência.

Entenda o caso

O relato da súmula enquadrou Felipão em dois incisos do artigo 258. Um diz respeito sobre assumir conduta contrária à disciplina e o outro sobre reclamação. Cada um deles poderia dar suspensão de uma a seis partidas.

“Aos 23 minutos do 1° tempo, fui informado pelo assistente n° 1, Sr. Emerson Augusto de Carvalho, que o Sr. Felipe Scolari, proferiu-me as seguintes palavras: 'Árbitro de m..., não consegue colocar a barreira no lugar’, de imediato o expulsei. Acrescento ainda que o referido treinador já tinha sido advertido pelo mesmo assistente n° 1, por excesso de reclamações, de acordo com o próprio assistente. Por derradeiro, o treinador demorou a sair do recinto por cerca de quatro minutos, não concordando com a sua expulsão”, foi o que dizia a súmula do árbitro José Henrique de Carvalho.

Logo após o jogo, a diretoria palmeirense se mobilizou contra a arbitragem e protestou formalmente junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Repórteres de televisão e de rádio afirmaram que o técnico apenas conversava com Tadeu. O atacante palmeirense também confirmou a versão do treinador.

Esse foi o segundo julgamento do treinador palmeirense. A primeira vez foi no dia 25 de agosto, contra o Atlético-PR. Na ocasião, ele foi absolvido.


Leia mais sobre: felipão palmeiras stjd

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias