iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/10 - 06:54

Deco e Carlos Queiroz trocam acusações via imprensa

Jogador e ex-treinador da seleção portuguesa se desentenderam durante a Copa do Mundo da África do Sul

Gazeta Esportiva

O ex-técnico da seleção portuguesa, Carlos Queiroz, criticou duramente o meia Deco, que atualmente defende o Fluminense. A reação do treinador teria surgido após o camisa 20 também ter reclamado do comportamento do comandante em entrevista ao jornal "Record".

"Ele devia se preocupar, em primeiro lugar, em dar uma resposta aos torcedores do Fluminense. Isto para evitar o que ouço dizer no dia a dia por parte deles em relação ao seu rendimento, tendo em atenção o salário que aqui veio desfrutar", apontou Queiroz, que está visitando o Brasil.

"Uma das piores coisas que existem no futebol, na vida de um treinador e de uma equipe é quando nos cruzamos com um ex-jogador em atividade e de caráter duvidoso", completou o ex-técnico do Real Madrid e ex-auxiliar do Manchester United, que colocou em dúvida até a contusão que o meia sentiu antes de enfrentar o Brasil na primeira fase da Copa.

"Foi uma lesão conveniente. Se ele pensava que tinha lugar garantido só por se chamar Deco, enganou-se rotundamente. Desejo-lhe felicidades, sobretudo ao Fluminense", ironizou.

Toda esta acidez por parte do treinador ocorreu depois que Deco foi questionado pelo jornal luso sobre Carlos Queiroz e respondeu dizendo que "bater em mortos é complicado". "O Queiroz queria que eu saísse da seleção, mas isso ele não me disse. Só o soube através de outras pessoas. Tenho uma opinião muito má sobre ele. Existem coisas no caráter das pessoas que são imperdoáveis", disse o meia do Fluminense.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias