iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/10 - 11:33

Manchester City anuncia perda de R$ 323 milhões entre 2009 e 2010

Time gastou em contratações de reforços, como as de Tevez, Adebayor, Robinho, e, mais recentemente, Balotelli e James Milner, mas não teve resultado em campo

Agência Estado

O Manchester City anunciou em seu anuário, nesta sexta-feira, a perda de 121 milhões de libras (cerca de R$ 323 milhões) entre os meses de maio de 2009 e 2010. Só em salários, o clube gastou 133 milhões de libras (cerca de R$ 354 milhões) durante o período, que representou a primeira temporada completa do milionário Mansour Zayed Al Nahyan como dono da equipe.

Na luta pelo seu primeiro título importante desde 1976, o Manchester City gastou mais de 300 milhões de libras (cerca de R$ 800 milhões) em contratações de reforços, como as de Tevez, Adebayor, Robinho, e, mais recentemente, Balotelli e James Milner, desde que Al Nahyan comprou o clube do tailandês Thaksin Shinawatra, antigo dono.

"Estamos onde esperávamos estar neste estágio de transformação da equipe. Apesar de termos ficado abaixo do desempenho esperado na temporada 2009-10, não podemos menosprezar o fato de termos alcançado o melhor final de Premier League (formato do Campeonato Inglês desde a temporada 1992-93) na história do clube", afirmou o milionário dos Emirados Árabes Unidos.

Na última temporada do Campeonato Inglês, o Manchester City não correspondeu aos investimentos. A equipe terminou apenas na quinta colocação e não conseguiu a classificação para a Liga dos Campeões da Europa, tendo que se contentar com a disputa da Liga Europa neste ano.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias