iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/09 - 16:40

Mano Menezes irá conversar com Dorival Júnior sobre Neymar antes da próxima convocação
Treinador da seleção brasileira afirmou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que falará nos próximos dias com o técnico santista. Na quinta-feira, Mano divulgará lista de convocados para amistosos de outubro

Paulo Passos, iG São Paulo

O técnico Mano Menezes irá conversar com o treinador do Santos sobre os últimos incidentes envolvendo o atacante Neymar. Na última quarta-feira, o santista xingou Dorival Júnior, após receber a informação de que ele não iria bater um pênalti na partida contra o Atlético-GO.  

“Eu costumo conversar com os técnicos dos clubes. Vou ter uma conversa com o Dorival Júnior até quinta-feira. Apenas quero me interar dos fatos, saber como eles aconteceram. Mas não quero também transferir a responsabilidade de uma futura convocação para o Dorival”, afirmou Mano Menezes, durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, gravado na tarde desta segunda-feira, mas que irá ao ar às 22h.

Apesar do alerta, o técnico da seleção brasileira pediu compreensão com o atacante santista. “Penso que temos que entender que se trata de um jogador jovem e vai cometer alguns erros. Hoje, eu o vejo com uma sobrecarga muito grande no Santos. Antes (no primeiro semestre), ele era auxiliado pelo Robinho, Ganso e o Andre. Hoje, ele está nessa condição de assumir a responsabilidade de forma solitária”, comentou Mano Menezes. 

O técnico deixou claro que o que mais lhe preocupou no atacante santista foi a atitude de ir contra o técnico do seu próprio time. Em relação às discussões com jogadores rivais, como na partida contra o Avaí, quando Neymar teria dito aos adversários, segundo o técnico Antônio Lopes, que ele era milionário, Mano Menezes contemporizou.

“Eu não gosto muito quando alguém de dentro do jogo tira uma frase e descontextualiza. Ninguém chega do nada e diz que é milionário. Não estou defendendo a frase, mas você não pode tirar do contexto”, disse o treinador.

Paulo Passos
Técnico Mano Menezes no programa "Roda Viva", da TV Cultura


Mano nega “desastre” em 2010

Durante a entrevista à TV Cultura, o técnico defendeu a ideia de que o Brasil precisa voltar a ser protagonista e voltar a atuar de forma mais ofensiva. Como modelo, Mano Menezes citou a equipe de 1970. “Foi o melhor futebol que já vi um time jogar na minha vida. O Zagallo teve um grande mérito de assumir um trabalho do João Saldanha e manter o estilo daquela seleção”, disse o treinador.

Ao mesmo tempo, o treinador defendeu o seu antecessor no cargo, Dunga. Segundo Mano Menezes, a atuação do Brasil na Copa da África do Sul não foi desastrosa. “Acho que não foi. A seleção foi o que ela vinha sendo. Ele vinha sendo assim e fez resultados assim. O jogo da eliminação traz consigo circunstâncias que toda partida pode ter. O Brasil não foi diferente na Copa do que vinha sendo até então”, opinou.

Além disso, ele afirmou que o grande mérito da gestão do antigo técnico foi valorizar a seleção brasileira. “Ele estabeleceu novamente um respeito em relação à instituição. Você não pode ir quando quer ou colocar os seus interesses pessoais à frente da seleção”, elogiou o atual técnico do Brasil.

Na próxima quinta-feira, Mano Menezes divulgará uma lista de convocados para os próximos compromissos da seleção brasileira. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) tem duas datas Fifa, entre os dias 8 e 12 de outubro, para realizar amistosos. A entidade ainda não divulgou quais serão os adversários Brasil.

Milton Trajano


Leia mais sobre: Mano Menezes Neymar Seleção brasileira

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Paulo Passos

Mano Menezes

Mano Menezes
Técnico da seleção se mostrou preocupado com Neymar em entrevista concedida para TV Cultura

Topo
Contador de notícias