iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/09 - 12:05

Dorival não comanda treino neste sábado, que teve presença de Neymar
Atacante participa de treino recreativo, que teve Dorival apenas observando de longe ao lado de dirigente

Samir Carvalho, iG São Paulo

O treino do Santos na manhã deste sábado, no CT Rei Pelé, antes da partida contra o Guarani, neste domingo, em Campinas, foi atípico. O técnico Dorival Júnior mais uma vez não comandou as atividades, que ficaram a cargo do auxiliar-técnico Ivan Izzo. Os jogadores apenas fizeram um trabalho recreativo em campo reduzido, que contou com a presença do atacante Neymar. 

Dorival apenas observou o treino na beira do gramado ao lado do gerente de futebol, Paulo Jamelli. Após 40min de atividade, os jogadores foram convocados para uma reunião no Hotel Recanto dos Alvinegros, que conta com a participação da comissão técnica e dos dirigentes do clube.

A expectativa é que o técnico Dorival Júnior conceda entrevista coletiva, juntamente com o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira, para esclarecer a situação. Na última sexta-feira, o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, confirmou que Dorival exigiu o afastamento de Neymar e ameaçou pedir demissão do cargo de treinador.

O treinador considerou branda a punição imposta pela diretoria santista, que puniu o jogador em 30% dos seus vencimentos. Já a diretoria considera que agiu certo em punir o atleta apenas no salário.

"Compreendemos a postura do Dorival com base do que aconteceu no jogo. No momento estamos em tratativas para contornar a situação. Vamos trabalhar para que o desfecho seja o melhor possível. A diretora entende que já fez o que é de sua responsabilidade, agiu com boa intenção (sobre a punição de Neymar). Agora estamos trabalhando para que o Neymar jogue domingo e o Dorival comande o time", afirmou o vice-presidente do clube.

 


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias