iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 11:35

"É muita coisa para cabeça de nós garotos", diz revelação santista
Depois dos problemas envolvendo o companheiro Neymar, o meia Alan Patrick já teme a cobrança de ser ídolo do clube
 

Samir Carvalho, iG São Paulo

Após as recentes confusões envolvendo o atacante Neymar, a próxima promessa dos Meninos da Vila a virar realidade parece estar pedindo socorro. Convocado para a entrevista coletiva, no CT Rei Pelé, no mesmo dia em que todos estavam sedentos por informações sobre a confusão envolvendo Neymar e Dorival Júnior, o meia Alan Patrick demonstrou temer a cobrança de ser um jovem ídolo do Santos e fez um apelo.
 
Segundo Patrick, as revelações santistas precisam de um apoio fora dos gramados para vencerem na carreira. “O Neymar fora de campo continua o mesmo. Ele é novo, tem 18 anos. É muita coisa para a cabeça de nós garotos. Tem que ter profissionais para dar conselhos para nós. Precisamos do auxilio de pessoas que podem nos ajudar”, declarou o jogador.
 
Apesar de não ser titular absoluto do Santos, Alan Patrick já começou a ser cobrado no clube, após a grave lesão de Paulo Henrique Ganso, que passou por uma cirurgia no joelho esquerdo e só volta aos gramados na próxima temporada. Isso porque, o jogador é visto na equipe santista, como o sucessor de Ganso no meio-campo.
 
“O Ganso é insubstituível. Ele tem o estilo dele, eu tenho o meu. O Dorival conhece cada jogador. Não adianta comparar eu com o Ganso. Se for para o Dorival me escolher temos que estar bem para responder ao grupo”, disse o meia.
 
Alan Patrick quase deixou o Santos recentemente. O Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, fez duas propostas para tirá-lo da Vila Belmiro. Após a diretoria santista rejeitar 5 milhões de euros (R$ 11,1 milhões), os ucranianos ofereceram 7 milhões de euros (15,5 milhões). No entanto, o clube voltou a recusar a oferta e bancou a permanência da jovem revelação.
 
“Foi uma proposta boa, mas quero fazer história aqui. Depois, se tiver que sair é Deus que sabe”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias