iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/09 - 22:59

Em jogo igual, Loco Abreu dá vitória ao Botafogo sobre o Santos
Santos e Botafogo mostraram equilíbrio dentro de campo, mas o uruguaio entrou no 2º tempo para dar a vitória ao time carioca

Samir Carvalho, iG São Paulo

Não é apenas no número de pontos e na classificação do Campeonato Brasileiro, que Santos e Botafogo mostram equilíbrio. No jogo desta quinta-feira, no Pacaembu, os dois times tiveram posturas semelhantes dentro de campo. Porém, o atacante Loco Abreu saiu do banco de reservas para marcar o único gol do jogo.

Os dois treinadores surpreenderam nas escalações iniciais e optaram por melhorar a marcação no meio-campo. Dorival abandonou os três atacantes e reforçou o meio-campo com a entrada de Zezinho. Já o Botafogo, enquanto todos esperavam Caio ou Loco Abreu para fazer dupla de ataque com Herrera, Joel Santana adiantou Maicosuel para o setor e colocou Fahel e Renato Cajá, que brigavam por uma vaga antes do jogo.

No segundo tempo, os times mantiveram o equilíbrio dentro de campo. Dorival e Joel abriram mão dos jogadores de marcação no meio-campo e reforçaram os ataques. Com isso, o Botafogo conseguiu a vitória com a entrada de Loco Abreu, que entrou na vaga de Maicosuel para fazer o único gol do jogo.

Com a derrota, o Santos permanece com 31 pontos ganhos e desce para a quinta colocação. Já o Botafogo subiu para o terceiro lugar, com 34 pontos, superando o Cruzeiro, que está na quarta posição, com o mesmo número de pontos e vitórias. Porém, os cariocas vencem no saldo de gols: 11 contra 6.

Depois do duelo contra o Botafogo, o Santos enfrenta o Ceará, no próximo domingo, às 18h30, no Estádio Castelão, em Fortaleza. Já o Botafogo terá outro confronto direto na competição. Os cariocas jogam contra o São Paulo, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. 

Veja como foi o golaço de Loco Abreu


O jogo - veja lance a lance e torcedores do Tempo Real
Com a volta de Neymar, que cumpriu suspensão na última rodada contra o Flamengo, o Santos começou o jogo buscando o gol. A primeira tentativa aconteceu aos quatro minutos em jogada individual de Neymar, que driblou o marcador e chutou de perna esquerda. Jefferson fez boa defesa. Um minuto depois, o goleiro botafoguense convocado por Mano Menezes para servir a seleção brasileira justificou o motivo da convocação. Após um chute forte de Durval na entrada da pequena área, Jefferson fez uma espetacular defesa. 

Depois, o Botafogo acertou a marcação de forma individual em cima dos atacantes do Santos. Desta forma, as equipes pouco criavam jogadas. Apenas aos 25 minutos, o lateral Alex Sandro invadiu a área e chutou forte, mas errou a direção. Já o Botafogo teve a primeira grande oportunidade de abrir o marcador apenas aos 35 minutos de jogo. Renato Cajá recebeu a bola na marca do pênalti e tocou para Alessandro, que finalizou em cima do goleiro Rafael.

A equipe carioca cresceu na partida. Aos 39 minutos, Marcelo Cordeiro cruzou rasteiro, a bola passou pelo goleiro Rafael, e Durval salvou o Santos após antecipar o zagueiro Antônio Carlos, que estava no ataque. Envolvido pela marcação do Botafogo, o Santos só voltou a assustar o gol de Jefferson aos 44 minutos. Neymar driblou a marcação na ponta esquerda e chutou de direita para exigir boa defesa do botafoguense.

No intervalo, Dorival Júnior fez duas alterações e voltou a atuar com três atacantes. Madson e Zé Eduardo entraram nas vagas de Marquinhos e Keirrison. Logo no primeiro minuto, Zezinho cruzou rasteiro da esquerda. Zé Eduardo bateu de primeira e Jefferson fez boa defesa. Joel Santana resolveu dar uma resposta a Dorival e também abriu de um marcador para colocar um atacante. Aos sete minutos, Caio entrou na vaga de Fahel. Sem resultado, o treinador do Botafogo apostou em Edno, que entrou no lugar de Herrera.

No entanto, os dois times exageravam nos erros de passe e não criavam jogadas de ataque. Caminhando para o final da partida, os dois treinadores gastaram a última alteração. No Santos, Breitner entrou na vaga de Zezinho. Enquanto, Joel Santana colocou Loco Abreu no lugar de Maicosuel.

Apenas aos 37 minutos aconteceu uma grande jogada. Madson tocou para Neymar, que tocou na saída de Jefferson. No rebote do goleiro, Marcelo Mattos salvou. Apesar do equilíbrio, Loco Abreu marcou no final o único gol do jogo. O uruguaio recebeu de Edno na grande área, deu um chapéu no goleiro Rafael e chutou forte. Um golaço!

Milton Trajano

FICHA TÉCNICA - SANTOS 0 X 1 BOTAFOGO

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 9 de setembro de 2010, quinta-feira
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Helberth Andrade (MG)
Público: 15.472 pagantes
Cartões amarelos: Edu Dracena e Danilo (Santos); Herrera, Fahel, Marcelo Mattos e Loco Abreu (Botafogo)

Gol: Loco Abreu, aos 44 minutos do segundo tempo

SANTOS: Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Arouca, Danilo, Zezinho (Breitner) e Marquinhos (Madson); Neymar e Keirrison (Zé Eduardo)
Técnico: Dorival Júnior

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Marcelo Cordeiro; Leandro Guerreiro, Fahel (Caio), Marcelo Mattos, Renato Cajá e Maicosuel (Loco Abreu); Herrera (Edno)
Técnico: Joel Santana


Leia mais sobre: Botafogo Santos Loco Abreu Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Loco Abreu

Loco Abreu
Atacante aplica um lindo drible no goleiro Rafael antes de balançar as redes no Pacaembu

Topo
Contador de notícias