iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/09 - 23:57

Palmeiras joga mal, mas empata com Vitória no Barradão
Felipão troca esquema do time, mas não vê uma melhora significativa de seus comandados, que arrancaram o 1 a 1. Veja os gols no vídeo abaixo

Danilo Lavieri, iG São Paulo

O Palmeiras arrancou um empate por 1 a 1 no Barradão contra o Vitória e evitou uma derrota que ganhava ares de vexame. Com um péssimo primeiro tempo e uma etapa final ligeiramente melhor, a equipe comandada por Luiz Felipe Scolari mostrou que não está tão perto de encontrar a regularidade tão desejada por seu treinador no Campeonato Brasileiro.

A mudança tática feita por Felipão não surtiu tanto efeito. Deixando Fabrício e Valdivia no banco de reservas inicialmente, o treinador adotou o 4-4-2, com Tinga no meio, e Luan à frente. O gol sofrido voltou a acontecer na ala esquerda, mesma posição culpada pela virada contra o Cruzeiro na última rodada. O time melhorou quando Valdivia e Tadeu entraram. A posse de bola ficou maior, e as chances começaram a ser criadas, mas não o suficiente para empolgar o torcedor palmeirense.

O resultado coloca o Palmeiras com 25 pontos, mesma pontuação do 11º colocado, Ceará. Já o Vitória chega a 23 pontos e segue na 15ª posição na tabela, seis pontos à frente do Atlético-MG, o primeiro time na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Palmeiras recebe o Vasco no Pacaembu, no domingo, e não poderá contar com Marcos Assunção e Pierre, que tomaram o terceiro cartão amarelo. A equipe baiana joga contra o Flamengo no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no sábado.

Vídeo: Os gols do Barradão


O jogo
A primeira chance do jogo foi do Vitória. Eduardo pegou o rebote de fora da área, de primeira, com a bola ainda no ar e acertou belo chute. A bola passou raspando por cima do travessão de Deola aos 3 minutos da etapa inicial. Um minuto depois, Vanderson subiu mais alto que todo mundo na área e desviou a bola, que passou muito perto da trave direita do goleiro palmeirense.

O Vitória era bem melhor no jogo. E aos 9 minutos a superioridade acabou em gol. Júnior conseguiu escapar da marcação de três zagueiros, tocou para Elkeson que chutou antes mesmo de entrar na área, fazendo o seu quarto gol no Campeonato Brasileiro, abrindo o placar no Barradão. Outro gol que sai pelo lado esquerdo da defesa palmeirense, o mesmo setor que acabou responsabilizado pela virada tomada diante do Cruzeiro na última rodada.

A primeira chance do Palmeiras foi acontecer aos 17 minutos, quando Kleber recebeu a bola na entrada da área, conseguiu segurar o zagueiro no corpo, mas falhou na hora de finalizar, pegando de raspão com sua perna esquerda. Aos 22 minutos, Luan recebeu bola pela esquerda e dentro da pequena área sofreu a carga do zagueiro, que usou as duas mãos para empurrar o atacante palmeirense. O juiz não interpretou como falta.

O jogo não ia bem para nenhuma das equipes, e as chances saiam em jogadas esporádicas. Aos 30 minutos, Danilo foi afastar a bola de cabeça de dentro da área, e a bola sobrou para Evandro. De primeira, o ex-palmeirense deu belo chute que passou à direita de Deola. A resposta do Palmeiras foi sair só aos 38 minutos, com Rivaldo, que chutou de fora da área para a boa defesa de Viáfara.

Completamente insatisfeito com o rendimento de seu time, Felipão colocou Valdivia no lugar de Luan, e Tadeu na vaga que era de Pierre. As substituições nem tiveram tempo para jogar, e Deola já teve de fazer uma belíssima defesa. Ramon bateu falta aos 2 minutos quase no ângulo esquerdo do goleiro, que fez belíssima defesa.

A primeira chance ofensiva do Palmeiras aconteceu com Rivaldo, que recebeu bom passe de Valdivia aos 6 minutos do 1º tempo e chutou à esquerda de Viáfara.

Aos 12 minutos, Maurício Ramos errou na saída de bola, tentou passar a bola para Deola de cabeça, mas o goleiro já havia saído para a defesa. O jogador do Vitória se aproveitou da falha e acertou a trave palmeirense.

O cronômetro marcava 20 minutos, e o o Vitória sentia que o Palmeiras melhorava. Toninho Cecílio pedia marcação redobrada em cima de Valdivia, e Viáfara já demorava para bater o tiro de meta. A tradicional "cera" rendeu cartão amarelo para o goleiro. Aos 23 minutos, Marcos Assunção bateu boa falta, Tadeu cabeceou e viu o goleiro adversário fazer boa defesa. O juiz parava a jogada marcando impedimento.

Logo na jogada seguinte, Ramon pegou belíssimo chute de fora da área, e Deola fez bela defesa. Foi aí que o Palmeiras acordou. Edinho recebeu passe de fora da área e deu chute muito forte. A bola foi venenosa, Viáfara deu rebote meio estranho, e Tadeu, esperto, só escolheu o canto para empatar. O gol aos 26 minutos fez a equipe paulista melhorar um pouco.

Valdivia deu belo passe para Kleber. O atacante driblou dois zagueiros e chutou de esquerda buscando o ângulo de Viáfara. A bola passou muito perto da trave, acordando a torcida palmeirense presente no Barradão. Vendo a reação adversária, Kleber Pereira foi colocado por Toninho no lugar do zagueiro Wallace. A mudança pouco adiantou. A partir daí, as equipes criavam com mais medo de sofrer o gol do que realmente garantir os três pontos. Júnior chegou a ter uma boa chance cara a cara com Deola, mas isolou a bola.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 1 PALMEIRAS

Local:
Barradão, em Salvador (BA)
Data: 8 de setembro de 2010
Horário: 22h (Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ-Fifa)
Assistentes: Marcelo Braz Mariano e Lílian da Silva Fernando Bruno (ambos do RJ)

CARTÕES AMARELOS
VITÓRIA: Ramon, Wallace e Viáfara
PALMEIRAS: Marcos Assunção, Pierre, Edinho e Deola

GOLS
VITÓRIA: Elkeson, aos 9 min do 1º T
PALMEIRAS: Tadeu, aos 26 min do 2º T

VITÓRIA: Viáfara; Ricardo Conceição, Wallace (Kleber Pereira), Anderson Martins e Eduardo; Vanderson, Bida (Reniê), Evandro (Thiago Humberto) e Ramon; Elkeson e Júnior
Técnico: Toninho Cecílio

PALMEIRAS: Deola; Márcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo (Vitor); Pierre (Tadeu), Edinho, Marcos Assunção e Tinga; Luan (Valdivia) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari


Leia mais sobre: palmeiras vitória campeonato brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Marcos Assunção, do Palmeiras, disputa a bola com Bida, do Vitória

Jogo disputado
O palmeirense Assunção disputa a bola com Bida, do Vitória. Duelo ficou no empate

Topo
Contador de notícias