iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/08 - 20:27

Garantia de estádio do Corinthians vem de construtora

"O Corinthians não terá dinheiro do BNDES, não terá dinheiro público", garantiu o presidente do clube

Gazeta Esportiva

Andrés Sanchez falou abertamente pela primeira vez neste domingo sobre o dinheiro privado que será investido na construção do estádio do Corinthians. O presidente do clube confirmou que o dinheiro arrecadado partirá da compra dos direitos de nome por parte da construtora nacional Odebrecht.

"Vamos ser sinceros. O dinheiro virá da Odebrecht, que comprou os naming rights do estádio. O Corinthians não terá dinheiro do BNDES, não terá dinheiro público. A engenharia financeira para o projeto com capacidade para 48 mil lugares já está garantido", reforçou o mandatário.

O Palmeiras tem plano de ação semelhante junto a WTorre, que contratou a Traffic para fazer a comercialização de patrocínios da futura Arena Palestra. Igualmente a Odebrecht pode revender os direitos do estádio corintiano. "Ela pode negociar o nome com outra empresa", emendou.

A maquete do estádio deve ser apresentada ainda nesta semana. Especula-se terça-feira, véspera do aniversário de 100 anos do clube, quando haverá um encontro com Lula. A entrada da Odebrecht no projeto inclusive teria partido de uma indicação do presidente da República, assumido corintiano.

"Temos que tomar cuidado com este assunto, já fomos enganados muitas vezes. É uma coisa que está muito próxima de se realizar, um sonho do corintiano", desconversou Sanchez, que agendou para o dia 18 a inauguração do novo Centro de Treinamento do clube, localizado no Parque Ecológico.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias