iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 12:48

Pai de Özil revela que filho rejeitou proposta da Inter de Milão

Italianos ofereceram o dobro do valor pago pelo Real Madrid ao Werder Bremen, mas meio-campista preferiu ir para a Espanha 

Gazeta Esportiva

Após o Real Madrid ter confirmado, nesta terça-feira, a contratação do meio-campista Mesut Özil, que estava no Werder Bremen (Alemanha), o pai do jogador, Mustafá Özil, revelou que o filho rejeitou uma proposta melhor da Inter de Milão, da Itália.

"O Bremen e nós estávamos analisando uma proposta de 30 milhões de euros (cerca de 67,7 milhões) da Inter. Se tivéssemos aceitado, Mesut já estaria jogando lá, mas meu filho sempre disse que o único clube para o qual queria ir era o Real Madrid", afirmou Mustafá, que explicou como foram as negociações para a transferência para o clube merengue, que foi fechada por 15 milhões de euros (aproximadamente 33,8 milhões), metade do preço que os italianos ofereceram.

"Mesut e eu estivemos no chalé de Florentino Peréz (presidente do Real Madrid) em Madri, ele nos convidou e ali entendemos rapidamente porque já quase tudo estava falado. Nós gostamos da sua predisposição para que meu filho jogasse no clube", explicou Mustafa, em entrevista pata o jornal "Hurriyet", da Turquia.

O pai de Özil também disse que o contrato do jogador com o Werder Bremen, que iria só até o fim desta temporada, foi fundamental para que o clube alemão o vendesse, uma vez que o meio-campista poderia sair do clube sem custos na metade de 2011.

"Nós prometemos para Florentino (Peréz) que se o Werder Bremen não o deixasse sair agora, no ano que vem ele veria ao Real Madrid de graças, porque o seu contrato termina nesta temporada. Nós também temos que dizer que nossa palavra é sagrada e que somos muito responsáveis quando decidimos uma coisa", afirmou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias