iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 08:00

Em evento, patrocinador da CBF esquece Dunga e celebra "nova cara" da seleção
Vídeo institucional apresentando times campeões mundiais não mostrou nenhuma imagem do ex-técnico, capitão da conquista de 1994

Paulo Passos, iG São Paulo

“A volta do futebol arte”, “A nova cara da seleção” e o “futebol que a gente sempre quis ver”. Antes mesmo das novas estrelas da seleção brasileira entrarem no palco, os apresentadores do evento do patrocinador oficial da CBF(Confederação Brasileira de Futebol), Márcio Garcia e Renata Fan já celebravam com definições as mudanças ocorridas após a saída de Dunga.

Até mesmo os feitos do ex-técnico como jogador foram omitidos. No vídeo institucional que mostrava as cinco conquistas da seleção brasileira, Dunga, capitão e, por isso, responsável por levantar a taça em 1994, não apareceu nenhuma vez. Em imagens, Romário, Bebeto e até Branco representavam a geração campeã há 16 anos.

Gazeta Press
Em apresentação da "nova cara", Dunga foi esquecido até nos vídeos

No palco do evento organizado na última segunda-feira em São Paulo pela Gillete, Bebeto, Cafu e Zagallo foram os convidados para representar a velha guarda vencedora. Mano Menezes, Neymar, Paulo Henrique Ganso eram as “caras” da nova seleção.

A multinacional anunciou durante a cerimônia que prorrogou o seu contrato com a CBF até 2014. A entidade máxima do futebol no Brasil lucra R$ 220 milhões por ano com patrocínios de 10 empresas.

Durante a última Copa do Mundo, a Gillete divulgava no seu site vídeos dos treinos e entrevistas dos jogadores da seleção brasileira. O isolamento da equipe, implantado pelo ex-técnico Dunga, desagradou a parceira da CBF, que chegou a fazer uma queixa sobre isso ao presidente Ricardo Teixeira.

Anti-Dunga, Mano defende até o “Bozo”

Com um jogo no currículo e há menos de um mês no cargo, Mano Menezes já acumula elogios como treinador da seleção brasileira. Na última segunda-feira, foi a vez do veterano Zagallo se juntar ao coro de declarações positivas ao ex-corintiano. “Eu dei a camisa de 70 e disse: aqui está a sorte, porque competência você já tem demais”, disse o treinador campeão do mundo.

Mano devolveu a gentileza com um pedido de autógrafo. “Me sinto privilegiado de olhar para trás na história do futebol brasileiro e ver tanta gente competente”, afirmou.
AE
Zagallo elogiou Mano Menezes e desejou sorte na seleção brasileira

O técnico elogiou até mesmo um integrante da comissão técnica de Dunga. O doutor José Luiz Runco foi o único mantido pela CBF no cargo após a eliminação na África do Sul. O médico envolveu em uma polêmica, após receber críticas dos colegas do Real Madrid, por ter deixado Kaká, mesmo lesionado, atuar durante o Mundial.

Na última semana, o meia afirmou que recebeu até injeções para conseguir amenizar as dores e disputar partidas na Copa. “Conversei com o Runco a respeito disso e ele teve a oportunidade de explicar. Eu não dou opinião sobre assuntos médicos. Eu confio no meu profissional. Eu confio no doutor Runco”, defendeu Mano.

Nem mesmo a ação de um hacker que invadiu o twitter do treinador na segunda-feira e colocou uma foto do palhaço Bozo ao seu lado foi suficiente para irritá-lo. “Eu fiquei muito feliz com imagem. Nem eu seria tão criativo de para colocar junto duas pessoas que trabalham pela alegria do povo”, explicou.

Leia mais sobre: seleção brasileira Mano Menezes Copa do Mundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias