iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/08 - 18:01

Vasco bate Prudente e vence a primeira fora de casa

Cariocas venceram com gol em rebote de pênalti, a dez minutos do final da partida no interior de São Paulo

Gazeta Esportiva

O Vasco tomou um susto, mas conseguiu sua primeira vitória fora de casa ao bater por 2 a 1 o Grêmio Prudente, neste domingo, em Presidente Prudente. Com o resultado, os cariocas chegaram a 20 pontos e subiram para a nona colocação do Campeonato Brasileiro. Já a equipe paulista segue com 15 pontos, perto da zona de rebaixamento.

O Vasco foi melhore quase todo o tempo e abriu o placar logo aos nove minutos, com Éder Luís. Os comandados de PC Gusmão perderam muitos gols na etapa inicial e poderia ter definido a partida. No segundo tempo, viu o Grêmio Prudente empatar o jogo em um belo chute de João Vítor, aos 13 minutos. Somente aos 35 minutos, em um pênalti, o volante Nílton marcou o gol da vitória do Vasco, que segue sem perder depois da volta do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o clássico contra o líder do campeonato, o Fluminense, domingo, no Maracanã. Já o Grêmio Prudente, no sábado, vai até Goiânia encarar o Goiás.

Assista aos gols da partida


O jogo
Começou comas duas equipes buscando o ataque, mas errando muitos passes. A primeira boa chance aconteceu aos três minutos, em um contra-ataque do Vasco. Fágner tocou para Zé Roberto no meio da área, que rolou para Felipe. O meia chutou errado, por cima do gol de Giovanni. Dois minutos depois, novamente o lateral-direito Fágner fez jogada pela direita e cruzou rasteiro. Éder Luís fez o corta luz e a bola sobrou para o lateral-esquerdo Max, que chutou também por cima do gol do Grêmio Prudente.

De tanto insistir o Vasco chegou ao gol aos nove minutos. Fágner cruzou pela direita na pequena área para Éder Luís, que se antecipou a zaga do Grêmio Prudente e finalizou sem chance para Giovanni. Este foi o primeiro gol do atacante pela equipe cruzmaltina.

Mesmo após o gol, o panorama da partida seguiu o mesmo. O Vasco permanecia melhor em campo e desarmando as tentativas de ataque do Grêmio Prudente. Além disso, continuava buscando ampliar o placar. Aos 20 minutos, Nílton cruzou pela esquerda, mas Éder Luís finalizou errado, para fora. A resposta dos donos da casa veio no minuto seguinte. Wesley fez boa jogada individual pela direita e chutou. Fernando Prass tocou no bola, que bateu na trave e sobrou para a defesa cruzmaltina tirar o perigo.

O jogo ficou um breve período equilibrado até aos 27 minutos, quando a zaga do Grêmio Prudente errar na saída de bola e perder para Zé Roberto. O atacante tabelou com Éder Luís e chutou, mas por cima do gol de Giovanni. Quatro minutos depois, em boa jogada do setor ofensivo, Zé Roberto ajeitou para Felipe chutar de primeira. A bola passou a esquerda do gol do time da casa.

Com o amplo domínio da partida, o Vasco seguia criando e perdendo chances. Aos 33 minutos, após escanteio, Nílton cabeceou sozinho, a direita do gol de Giovanni, que só ficou olhando a bola sair pela linha de fundo. Após o lance, os cariocas diminuíram o ritmo e só voltaram ao ataque aos 43, quando Felipe tocou para Zé Roberto, que chutou a direita do gol do Grêmio Prudente.

Antes do intervalo, os donos da casa conseguiram criar outra chance. Wanderley recebeu pela esquerda, dentro da área. No entanto, o atacante chutou cruzado, mas mal. A bola saiu sem perigo para o goleiro Fernando Prass.

O segundo tempo começou mais equilibrado, com o Grêmio Prudente buscando mais o ataque com qualidade. No entanto, a primeira boa chance foi do Vasco, aos cinco minutos, quando Zé Roberto foi lançado na área. O atacante girou sobre o zagueiro e chutou, mas em cima de Giovanni, que defendeu com segurança.

No entanto, a resposta do Grêmio Prudente veio em grande estilo, aos 13 minutos. O volante João Vitor recebeu na entrada da área, driblou seu marcador e chutou. A bola bateu na trave direita de Fernando Prass e entrou para igualar o placar.

O gol animou os donos da casa, que conseguiram novamente equilibrar a partida e segurar as boas investidas do Vasco. No entanto, aos 20 minutos, os cariocas tiveram boa chance. Éder Luís recebeu cruzamento e ajeitou para Felipe, mas o meia chutou muito mal, por cima do gol de Giovanni. Só que o Grêmio Prudente respondeu dois minutos depois. Primeiro, Fabiano Gadelha chutou da entrada da área e obrigou Fernando Prass a espalmar. No rebote, Wanderley foi lançado na área e chutou, mas fraco e em cima do goleiro vascaíno.

Com o passar da etapa final, o Grêmio Prudente melhorou em campo e igualou a partida. Com isso, as chances de gol eram criadas pelas duas equipes. Enquanto os donos da casa pecavam nas finalizações, os visitantes não acertavam o último passe.

Quando o Vasco sofria seu pior momento no jogo conseguiu o gol. O lateral-esquerdo Max foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Nílton bateu com força, o goleiro deu rebote no pé do volante, que finalizou para a rede. A bola bateu ainda no travessão antes de entrar.

Três minutos depois do gol, o Vasco quase ampliou. Após ataque rápido, a bola parou nos pés do lateral-esquerdo Max, que cruzou para o lateral-direito Fágner. O vascaíno finalizou por cima do gol de Giovanni. O Grêmio Prudente teve a chance de empatar aos 40 minutos, quando Rafael Martis chutou cruzado e a bola passou por baixo de Wesley.

Nos minutos finais, o Grêmio Prudente tentou pressionar o Vasco, que conseguiu segurar o triunfo até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO PRUDENTE 1 X 2 VASCO


Local: Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data: 15 de agosto de 2010 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Adson Márcio Leal (BA)

Cartões amarelos: Wanderley, Wesley e Leonardo (GPR); Nílton e Rômulo (VAS)

Gols:
GRÊMIO PRUDENTE: João Vítor, aos 13 minutos do segundo tempo
VASCO: Éder Luís, aos 9 minutos do primeiro tempo; Nílton, aos 35 minutos do segundo tempo

GRÊMIO PRUDENTE: Giovanni; Roberto, Anderson Luiz, Leonardo e Marcelo Oliveira; Rodrigo Mancha (Diego), João Vítor, Carlos Eduardo (Rafael Martins) e Adriano Pimenta (Fabiano Gadelha); Wesley e Wanderley
Técnico: Márcio Barros

VASCO: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Fernando e Max (Jumar); Nílton, Rafael Carioca, Rômulo e Felipe (Jonathan); Éder Luís (Nílson) e Zé Roberto
Técnico: PC Gusmão


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Vasco

Prudente x Vasco
Equipe carioca se impôs fora de casa e conseguiu sua primeira vitória longe de seus torcedores

Topo
Contador de notícias