iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 09:55

Sem CT, Internacional tem melhor base do Brasil
Clube prioriza material humano e coleciona conquistas do Sub-11 ao Sub-23. Time gaúcho é o líder do único ranking de base do País

Altair Santos, especial para o iG

Campeão da Copa Brasil Sub-17, disputada em julho no Espírito Santo, o Internacional confirmou sua posição de clube brasileiro com o melhor desempenho em competições de base. O único ranking nacional das categorias Sub-23, elaborado pelo site olheiros.net desde 2007, coloca o Inter na liderança com 412 pontos – 159,8 a mais do que o segundo colocado, o Cruzeiro.

Como a CBF não possui um ranking para as categorias de base, e o levantamento não-oficial é considerado pelos clubes uma espécie de baliza para que saibam quem desenvolve o melhor trabalho de revelação no País. O ranking leva em conta o desempenho dos clubes brasileiros em 11 competições nacionais, como Copa São Paulo de Juniores, Campeonato Brasileiro Sub-20, Taça Belo Horizonte de Futebol Júnior, além de sete internacionais, como Mundial Sub-18 de clubes, Dallas Cup e Copa Nike Sub-15.

Enquanto o time profissional está na final da Libertadores e já tem vaga para o Mundial, os garotos do Internacional focam em seu torneio mais importante: a Copa Nike, disputada na Inglaterra por 20 dos maiores clubes do mundo. Segundo Giscard Salton, diretor geral das categorias de base do clube, ganhar a Copa Nike é como vencer o Mundial Interclubes de futebol profissional.

O Inter é o único time brasileiro na competição. “Estar lá já é um troféu. Isso tem a ver com a nossa filosofia de trabalho. Enquanto outros clubes investiram em centros de treinamento, ou seja, em hardware, nós investimos em software, em material humano qualificado. É que nos coloca nesta colocação de líder”, explica.

O Internacional abriga hoje perto de 300 jogadores em suas categorias de base, que vão do Sub-11 ao Sub-23. 84 deles vivem nos alojamentos do clube. São os que foram garimpados pelo país afora e não têm como residir com a família ou parentes na região de Porto Alegre. Manter essa estrutura não é barato ao clube. “São 600 mil reais mensais, considerando que até os 15 anos eles recebem bolsa auxílio. A partir dos 16 anos, todos passam a ter salários e contrato profissional”, revela Giscard Salton. Os contratos dos Sub-17 são feitos para que o clube possa blindar suas revelações e não corra o risco de perdê-los para brechas contidas na Lei Pelé.

O investimento se reflete nas convocações para as seleções brasileiras de base. Só neste ano, o Internacional já teve 10 jogadores chamados para representar o Brasil nos mais variados torneios. Agora, por conta do projeto da CBF de conquistar o ouro olímpico, o Inter e outros 11 clubes nacionais se preparam para disputar o 1º Campeonato Brasileiro Sub-23. A competição, que servirá para garimpar talentos com idade olímpica, começa em setembro e reunirá os quatro maiores de São Paulo, os quatro maiores do Rio, além de Cruzeiro, Atlético-MG e a dupla Grenal. Adivinhe qual o plano do Inter? “Vamos entrar para vencer”, garante Salton.

Confira os 10 clubes que lideram o ranking nacional das categorias de base*

1.º) Internacional... 412 pontos
2.º) Cruzeiro... 252,2
3.º) Grêmio...  250,4
4.º) São Paulo... 220,5
5.º) Fluminense... 191,5
6.º) Atlético-MG... 153,1
7.º) Corinthians... 150,9
8.º) Santos.. 145
9.º) Vitória.. 136
10.º) Coritiba... 135

*elaborado por olheiros.net


Leia mais sobre: Internacional categoria de base

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

us internacional sub-15

Internacional
Time sub-15 venceu o Porto, de Portugal, na Copa Nike que acontece na Inglaterra

Topo
Contador de notícias