iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/07 - 17:13

Sete Lagoas se torna a capital do futebol mineiro
Partidas de Atlético e Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro vão mexer com cidade da região metropolitana de Belo Horizonte, com a reforma do Mineirão para a Copa de 2014

Emerson Rodrigues, especial para o iG

Assim como outros estádios que pretendem receber partidas e treinos das seleções da Copa do Mundo de 2014, o Mineirão já se encontra em obras e obriga Cruzeiro e Atlético Mineiro a levarem seus próximos compromissos pelo Campeonato Brasileiro para outras praças. A cidade de Sete Lagoas está a 67 km da capital Belo Horizonte e foi apontada pelo Atlético como sua casa no restante do Brasileirão. Já o Cruzeiro anunciou que pretende fazer, a princípio, apenas quatro jogos como mandante no estádio Joaquim Henrique Nogueira, a Arena do Jacaré, e outros dois em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, a 556 km de Belo Horizonte (veja tabela após o texto).

Com uma população de pouco mais de 225 mil habitantes, Sete Lagoas foi escolhida pela proximidade com a capital e pelo estádio ter passado por reformas, já visando a necessidade que a falta do Mineirão e do Independência (o segundo estádio em importância de BH) iriam fazer ao futebol mineiro. Embora seja privado, do Democrata Futebol Clube, a Arena do Jacaré consumiu dinheiro da Secretaria de Obras do estado de Minas Gerais para a reforma, quase finalizada. Atualmente, o Democrata está na Segunda Divisão estadual.

Os custos da reforma da Arena ficaram em R$ 15,6 milhões e a capacidade do estádio subiu de 18 mil para 25 mil pessoas. Além disso, criaram-se 600 vagas de estacionamento e modernas torres de iluminação para transmissão de jogos noturnos. O investimento público no estádio, feito pelo então governador Aécio Neves, tem a clara pretensão de acelerar a reforma do Mineirão para que o estádio possa sediar jogos da Copa das Confederações em 2013 e lutar pela abertura da Copa do Mundo. "A nossa ideia é que o Mineirão possa estar pronto no final do ano de 2012, em condições de receber, inclusive, os jogos da Copa das Confederações, que acontece sempre um ano antes da Copa do Mundo", disse Aécio Neves, hoje candidato ao Senado pelo PSDB.

Com exclusividade ao iG, o presidente do Democrata, Felisberto Gregório de Abreu, explicou o ganho da equipe do interior por sediar os jogos das grandes equipes mineiras. “O estádio (Arena do Jacaré), que valia de R$ 10 milhões a R$ 12 milhões, passa a valer cerca de R$ 65 milhões. O clube fechou um acordo de comodato por 10 anos com o Governo do Estado”, disse ele. “Mas a Arena continua sendo do clube e o Democrata vai mandar os seus jogos normalmente”, esclareceu Abreu, também advogado na cidade.

Divulgação
Vista de Sete Lagoas
Vista de Sete Lagoas

Não apenas o clube sete-lagoano terá benefícios com os jogos do Campeonato Brasileiro, mas o próprio município. O secretário de turismo, Éder Luiz Bolson, afirmou que o estádio está em excelentes condições e a cidade está apta a receber a dupla Cruzeiro e Atlético. “Vai impactar a cadeia turística da cidade e vemos isso (as partidas) como oportunidades de atrair os turistas”, afirmou. “Nós estamos preparando uma estratégia de marketing junto à assessoria de comunicação da Prefeitura para usarmos a mídia, que tem alcance nacional”, completou. No estádio, atleticanos e cruzeirenses também deverão receber informações sobre Sete Lagoas, por meio de um estande móvel.

Segundo Bolson, a Prefeitura de Sete Lagoas não apenas aprovou como insistiu para ser sede dos jogos. “Nós conversamos com o Zezé (Perrella, presidente do Cruzeiro), ele tem até muitos amigos pessoais aqui e isso ajudou”, comentou, sobre a negativa do clube celeste em mandar jogos no município e depois ter voltado atrás. Entretanto, o secretário reconhece que a pressão maior veio do próprio torcedor cruzeirense, que manifestou o desejo de ver o clube mais próximo da capital. 

Assim, Sete Lagoas assume o posto de nova capital da bola em Minas Gerais. Pelo menos até o final da temporada 2010, já que as obras do Independência não devem terminar em outubro, como previsto no primeiro projeto. Aos cruzeirenses e atleticanos de Belo Horizonte que quiserem acompanhar seus times de perto, inclusive o clássico do dia 1º de agosto, pé na estrada.

Veja quais os jogos de Atlético e Cruzeiro em Sete Lagoas no 1º turno do Campeonato Brasileiro:

Dia                            Horário        Partida

15/07 (quinta)            21h            Atlético-MG x Atlético-GO
18/07 (domingo)         18h30         Cruzeiro x Goiás
21/07 (quarta)           19h30         Atlético-MG x Internacional
25/07 (domingo)         16h            Cruzeiro x Grêmio
01/08 (domingo)         18h30         Atlético-MG x Cruzeiro
08/08 (domingo)         18h30         Cruzeiro x Prudente
15/08 (domingo)         18h30         Atlético-MG x Guarani
21/08 (domingo)         18h30         Cruzeiro x Vitória
29/08 (domingo)         16h            Atlético-MG x Palmeiras
05/09 (domingo)         16h            Atlético-MG x São Paulo

Fonte: CBF (Confederação Brasileira de Futebol)


Leia mais sobre: Sete Lagoas Cruzeiro Atlético-MG Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Vipcomm

Atletico-MG x Cruzeiro

Cruzeiro x Atlético-MG
Clássico mineiro será um dos jogos do Brasileiro que acontecerão na Arena do Jacaré em 2010

Topo
Contador de notícias