iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/06 - 16:57

Guilherme, ídolo e artilheiro do Atlético-MG, retorna como estagiário
Parceiro de Marques no final dos anos 90, ele diz que vai aprender com Luxemburgo um pouco mais da profissão de técnico

José Saecheta, especial para o iG

Um dos maiores artilheiros da história do Atlético-MG, Guilherme está de volta ao clube mineiro, agora para fazer estágio com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Guilherme quer aprender um pouco mais com o técnico recordista de títulos brasileiros, já que pretende seguir carreira na nova função. Ele já estagiou com Adilson Batista, no Cruzeiro, e com Muricy Ramalho, no São Paulo.

“Minha passagem será para aprender. Vou fazer um estágio com o Vanderlei. Não tenho dúvida de que neste ano o Atlético vai brigar pelo título. Vou aproveitar ao máximo, porque a oportunidade de fazer um estágio com Luxemburgo não se pode jogar fora”, afirmou Guilherme, que não é o primeiro ex-jogador a ter oportunidade com Luxemburgo.

Nas duas vezes em que passou pelo Santos, o técnico teve como auxiliar primeiramente o ex-atacante Serginho (São Paulo, Santos e Seleção) e depois o ex-zagueiro Nei (Bragantino). Agora, no Atlético, Luxemburgo tem como auxiliar o colombiano Fred Rincón, que foi seu jogador no Palmeiras e no Corinthians.

Ídolo da torcida atleticana, Guilherme volta ao clube onde viveu os melhores momentos de sua carreira. Em 1999, foi o artilheiro do Campeonato Brasileiro com 28 gols, em uma campanha que levou o Atlético ao vice-campeonato. Naquela época, Guilherme fez uma ótima dupla com Marques, que, por ironia, antecipou o final de sua carreira há dois meses, já que Luxemburgo pediu à diretoria que não prorrogasse o seu contrato até o final do ano.

Guilherme é o sétimo maior artilheiro da história do Atlético, com 139 gols. Reinaldo e Dario, os dois maiores ídolos do clube, marcaram, respectivamente, 255 e 211 gols, mas jogaram por muito mais tempo com a camisa mineira

Também em Minas Gerais, em 2004, Guilherme teve uma passagem discreta pelo arquirrival Cruzeiro. Quando encerrou a carreira, em 2007, ele trabalhou no Marília, cidade onde nasceu, no interior de São Paulo, como auxiliar e, posteriormente, como técnico.

“O Guilherme foi um grande atacante que o Atlético Mineiro teve e está aqui para nos ajudar. Com certeza, ele vai usar a experiência que tem e tenho certeza que será fundamental para ajudar a gente. Foi um cara que fez muitos gols, tinha uma frieza que pode passar para a gente”, disse o atacante Muriqui, que fez quatro dos dez gols atleticanos no Brasileiro 2010, é muito rápido e driblador, mas tem na finalização o seu ponto fraco, e vai precisar de muitas dicas de Guilherme.


Leia mais sobre: Guilherme artilheiro Atlético-MG Luxemburgo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

us atletico-mg

Atlético-MG
Jogadores treinam no clube durante a pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo

Topo
Contador de notícias