iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/06 - 11:58

Dado Cavalcanti é a nova revelação de Pernambuco
O técnico do Santa Cruz é o mais jovem treinador do Brasil em atividade

Nelson Toledano, especial para o iG

Treinar qualquer time de futebol é difícil. Seja ele time grande, pequeno, com muita ou pouca torcida sempre há grande pressão de dirigentes, torcedores, mídia e, às vezes, até de familiares. Imagina ser o mais novo treinador em atividade no futebol brasileiro (um dos mais jovens da América do Sul), à frente de uma equipe carente de conquistas?

Não deve ter sido fácil a decisão de Dado Cavalcanti de aceitar o desafio de se tornar técnico com apenas 24 anos. Ele atuava como lateral-esquerdo e, depois de fracas atuações, decidiu se aposentar, há dois anos. Foi o momento para a apostar na nova carreira, que teve um começo promissor. Como técnico, Dado foi campeão estadual  de Rondônia com o Ulbra, em 2006.

Ao chegar ao Santa Cruz, Dado Cavalcanti foi incumbido de treinar o time na Copa Pernambuco, ano passado. O resultado foi mais um título, com 83% de aproveitamento. Ganhou moral e se tornou auxiliar direto de Lori Sandri. Com a queda do gaúcho no começo do ano, o jovem treinador não hesitou em assumir os profissionais.

A trajetória que se seguiu serve para dar confiança e reanimar a sofrida torcida do Santa Cruz. Ele pegou o time na sétima posição do Pernambucano e o levou às semifinais. Pela Copa do Brasil, caiu nas oitavas-de-final, diante do Atlético-GO, após ter eliminado o Botafogo carioca. A campanha foi considerada boa pelo time, que havia sofrido três rebaixamentos nos últimos quatro anos.

Dado aparece ao lado de uma leva de jovens e bons treinadores no Brasil. Por ser pernambucano, ganhou a simpatia de muitos no Estado. Com seu jeito tranquilo e sereno, não viu e não vê dificuldades em, por exemplo, instruir o experiente Jackson, de 37 anos. “Lidar com jogadores como Jackson, um cara que já fez história no futebol, é fácil”, disse.

A pressão instaurada no Arruda nos últimos anos e a obrigação de conseguir o acesso em 2010 não assustam Dado. O fato de ser novo e “da casa”, no entanto, não aliviam a barra em caso de derrota. A receita para ele é a mesma de todos os outros técnicos: “O que segura treinador são os resultados. Para evitar qualquer tipo de boato e disse-me-disse são necessárias vitórias”, afirmou.

Atualmente, o Santa Cruz disputa o Campeonato do Nordeste. Não abriu mão de avaliar seus jogadores, como a esmagadora maioria. Até agora foram dois empates e uma vitória em três jogos. Mas a verdadeira obsessão na equipe, a vaga de volta na Série C, começará a ser disputada no dia 18 de julho, em casa, contra o Murici, de Alagoas. Para um “garoto” de 28 anos, um desafio e tanto.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

us dado cavalcanti

Dado Cavalcanti
Aos 28 anos, técnico tem a missão de levar o Santa Cruz de volta à Série C do futebol brasileiro

Topo
Contador de notícias