iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/04 - 16:42

Andrés Sanchez depõe na Justiça após frase irônica
Juiz que comanda caso MSI/Corinthians quis saber por que presidente disse que parceria era lavagem de dinheiro

Marcel Rizzo, iG São Paulo

O presidente corintiano Andrés Sanchez depôs na tarde desta quinta-feira como testemunha no processo conhecido como MSI/Corinthians. Ele foi convocado pelo juiz substituto Márcio Rached Millani por dois motivos: porque foi vice-presidente de futebol no período que o contrato do clube com a empresa estava em vigor, mas principalmente por causa de uma entrevista que concedeu à Rádio Bandeirantes, em fevereiro de 2010, quando ironicamente citou que a parceria seria lavagem de dinheiro.

O depoimento durou pouco mais de uma hora, na sede da Justiça Federal em São Paulo. Sanchez repetiu que não presenciou provas de irregularidades durante o acordo e confirmou que fez a declaração de forma irônica. “Questionei o motivo de só se falar da MSI e Corinthians e ninguém lembrar da parceria Palmeiras/Parmalat”, disse Sanchez.

Ele foi aconselhado pelo juiz a evitar declarações públicas que levem à dupla interpretação. A frase de Sanchez à rádio foi tratada por alguns veículos de comunicação como séria.

No processo, que investiga se houve lavagem de dinheiro e formação de quadrilha na parceria, entre 2004 e 2007, são réus o ex-presidente corintiano Alberto Dualib, o ex-diretor da MSI Kia Joorabchian e o empresário russo Boris Berezovsky, suposto dono da empresa.

Em dezembro de 2009, o Tribunal Regional Federal afastou o juiz titular do caso, Fausto de Sanctis, depois de pedido dos advogados de defesa. Eles sustentam que o juiz prejulgou a causa ao fundamentar o recebimento de denúncia criminal da Procuradoria da República.

O caso já tinha tido uma reviravolta em setembro de 2008, quando o Supremo Tribunal Federal anulou o processo, entendendo que Berezovsky não foi ouvido pela Justiça. O processo retrocedeu à fase de depoimentos, por isso Andrés Sanchez e Antonio Roque Citadini, ex-vice de futebol e hoje presidente do Conselho de Orientação do clube, precisaram comparecer novamente à justiça para tratar do assunto.


Leia mais sobre: Corinthians Andrés Sanchez MSI

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Andrpés Sanchez, presidente do Corinthians, conhece a cabine do caminhão da equipe

Andrés Sanchez
Presidente foi aconselhado a evitar declarações que possam gerar dupla interpretação

Topo
Contador de notícias