iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/03 - 15:48

Ministra britânica incentiva Brasil a lucrar com Copa e Jogos de 2016

Tessa Jowell destacou a importância da criação de um plano estratégico de exploração comercial das competições

EFE

A ministra britânica para os Jogos Olímpicos de Londres-2012, Tessa Jowell, afirmou nesta quarta-feira que o Brasil deve aproveitar a oportunidade de organizar a Copa do Mundo, em 2014, e os Jogos Olímpicos, dois anos depois, para lucrar com a realização destes eventos.

Jowell, que participou em São Paulo de um seminário com representantes de empresas brasileiras e do Reino Unido, destacou a importância da criação de um plano estratégico de exploração comercial das competições.

"As empresas devem aproveitar o potencial e o lucro econômico do reflexo dos Jogos. O mundo dos negócios envolvendo o esporte vem aumentando, como demontrado no Reino Unido, onde o crescimento foi de 6%", disse.

Segundo a ministra, os Jogos de 2016 e a Copa têm um potencial de US$ 27 bilhões em negócios.

Jowell lembrou que "a história econômica dos Jogos começou a ser escrita em Sydney-2000", quando um investimento mínimo em promoção comercial gerou "milionários negócios".

A ministra afirmou ainda que os Jogos Olímpicos de Londres já geraram, faltando dois anos para sua realização, contratos de 6 bilhões de libras esterlinas.

"É bom ressaltar que estes contratos foram assinados no meio de uma severa crise, com a economia em estado frágil, mas sem dúvida são um sinal de recuperação", explicou.

As áreas que mais devem ser exploradas, segundo ela, são as de tecnologia de informação, seguros, gestão, logística e engenharia.

"Espero que os empresários brasileiros tragam para seu país a paixão e o orgulho que foram vistos quando o Rio de Janeiro foi escolhido como sede dos Jogos. Desde esse momento criou-se uma ligação especial entre Rio e Londres. Um vínculo que terá muitos frutos", ressaltou.

Ainda como parte de sua visita ao Brasil, Jowell assinará amanhã, no Rio, junto com o ministro dos Esportes, Orlando Silva, um acordo de cooperação entre as cidades-sedes das duas próximas edições dos Jogos Olímpicos. EFE.

wgm/id


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias