iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/03 - 09:47

Kaká e Cristiano Ronaldo podem protagonizar fiasco histórico no Real Madrid

Todos os outros galácticos contratados por Florentino Perez ganharam ao menos um título logo na temporada de estreia. Dupla tem no Espanhol a última chance de triunfo neste ano

Paulo Passos, iG São Paulo

Terceira contratação mais cara da história do futebol mundial, perdendo apenas para Cristiano Ronaldo e Zidane, Kaká sentiu na pele, na última quarta-feira, o peso dessa marca. Após ser apontado pela imprensa de Madri como responsável pelo mau momento do time, o meia foi vaiado ao ser substituído no empate contra o Lyon, resultado que eliminou o Real da Liga dos Campeões da Europa.

O raciocínio dos torcedores de Real é simples: pelo o que custou, 67,2 milhões de euros, o brasileiro teria que fazer mais. Neste momento, o clube corre o risco de não ganhar nada na primeira temporada em que conta com dois dos três jogadores mais caros da história – o português Cristiano Ronaldo também chegou em 2009-10, pelo valor recorde de 96 milhões de euros. O Real já foi eliminado na Copa do Rei e faz disputa acirrada com o Barcelona pelo título espanhol.

A ausência de uma conquista imediata nesse cenário de investimento milionário seria um fiasco inédito para o clube da capital espanhola. Segundo jogador mais caro da história, Zidane venceu a Liga dos Campeões já no seu primeiro ano com a camisa merengue. Figo e Ronaldo comemoram o Campeonato Espanhol em suas temporadas de estréia. Outros exemplos de contratações vultosas, entretanto, mostram que um craque caríssimo nem sempre é garantia de títulos a curtíssimo prazo.

Das outras dez contratações mais caras da história do futebol, em cinco o resultado foi imediato: o clube que pagou uma fortuna conseguiu vencer um título no primeira temporada. Em três casos o fracasso foi completo, sem o “craque fortuna” ter conseguido levantar nenhum caneco. Nos outros dois, a conquista levou pelo menos quatro temporadas.

Getty Images

Cristiano Ronaldo

96 milhões de euros

Manchester United para o Real Madrid

Ainda pode levar o Espanhol

Kaká

67,2 milhões de euros

Milan para o Real Madrid

Ainda pode levar o Espanhol


Vencedores na chegada

Zinedine Zidane

76 milhões de euros

Juventus para o Real Madrid

Na primeira temporada (2001-02) conquistou a Liga dos Campeões

Luís Figo

60 milhões de euros

Barcelona para o Real Madrid

Na sua primeira (2000-01) venceu o Campeonato Espanhol

Gianluigi Buffon

46,8 milhões de euros

Parma para a Juventus

Já na primeira temporada (2001-02), venceu o Campeonato Italiano

Rio Ferdinand

46 milhões de euros

Leeds United para o Manchester United

No primeiro ano no clube (2002-03), venceu o Campeonato Inglês


Conquistas demoradas

Cristian Vieri

45,3 milhões de euros

Lazio para a Inter de Milão

O primeiro título, a Copa da Itália, veio somente seis anos depois da chegada do atacante, na temporada 2004-05. Ele chegou em 1999

Andriy Shevchenko

45 milhões de euros

Dinamo de Kiev para o Milan

Quatro anos após a sua chegada veio o primeiro título, a Copa da Itália. Um ano depois, na temporada 2003-04, o Milan venceu o Campeonato Nacional


Sem títulos

Hernán Crespo

51,2 milhões de euros

Parma para a Lazio

Quando chegou, o time tinha vencido o último Campeonato Italiano. Ficou duas temporadas e não conquistou nenhum título. 2000-2002

Gaizka Mendieta

44,9 milhões de euros

Valencia para a Lazio

Não venceu nenhum título no clube italiano. Atuou apenas uma temporada com a camisa da Lazio. Depois foi emprestado para o Barcelona e para o Middlesbrough. No clube inglês, conquistou a Copa da Liga Inglesa de 2004

Robinho

43 milhões de euros

Real Madrid para o Manchester City

Em um ano e meio no clube inglês, Robinho não conseguiu conquistar nenhum título


Leia mais sobre: Real Madrid Kaká Cristiano Ronaldo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Kaká e Cristiano Ronaldo

Kaká e Cristiano Ronaldo
Contratados a peso de ouro, dupla fracassou e não classificou o Real na Liga dos Campeões

Topo
Contador de notícias