iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

05/03 - 12:31, atualizada às 18:02 05/03

Marcos confirma que deixa o gol do Palmeiras no fim deste ano

Capitão diz que decidiu parar "para não manchar a imagem" que construiu, mas admite seguir no clube como reserva de um jovem herdeiro a partir de 2011

Paulo Passos, iG São Paulo

O goleiro Marcos confirmou nesta sexta-feira que pretende se aposentar no final desta temporada. "Para não manchar a imagem que construí, acho uma boa parar. Pela minha situação física. O Palmeiras precisa de um goleiro mais novo, paciente", explicou Marcos, que faz 37 anos em agosto.

Desde 1992 no clube, o goleiro não descarta seguir a carreira, mas como reserva. “Parar definitivamente é relativo. Posso pelo menos ficar no banco do Bruno, do Deola", afirmou o capitão alviverde.

Marcos vai deixar o gol do Palmeiras; assista!

Em 2009, Marcos renovou contrato com o Palmeiras e deu mostras de que a carreira iria mais longe. O acordo, válido até o final de 2014, previa que, após deixar o gol do time,  ele seguiria no clube como integrante da comissão técnica. Mas os planos mudaram.

Na última quarta-feira, no intervalo da partida contra o Santo André, Marcos desabafou: “A torcida do Palmeiras pode ficar tranquila, que o sofrimento comigo vai só até o fim do ano". O Palmeiras perdeu a partida por 3 a 1 e terminou a rodada na décima posição, e Marcos falhou no segundo gol da equipe do ABC.

Belluzzo não sabia
O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, disse, ao atender a reportagem do iG, minutos após o anúncio feito pelo goleiro, que não sabia da decisão. “É um direito dele. O Marcos é um ícone do clube, e se achar que deve parar, não tem problema nenhum”, afirmou.

Em 2009, Marcos renovou o seu contrato com o Palmeiras até 2014. “Isso não é um problema, porque já prevíamos que ele trabalharia conosco como dirigente”, explicou Belluzzo.

Com o fim da carreira anunciado, o presidente pretende organizar um jogo de despedida para o atleta. “Ele merece todas as homenagens e mais algumas. Eu já queria ter colocado um busto dele no Palestra Itália, mas ele não aceitou. Pediu para que fizéssemos após ele parar”, afirmou.

Gazeta Press
Marcos defende o famoso pênalti de Marcelinho na Libertadores de 2000


A carreira

Marcos fez seu primeiro jogo com a camisa do Palmeiras no dia 16 de maio de 1992, num amistoso vencido por 4 x 0 contra a Esportiva de Guarantinguetá. Em jogos oficiais, porém, ele só viria a estrear em 1996, no jogo Palmeiras 4 x 0 Botafogo-SP, válido pelo Campeonato Paulista, ocasião em que defendeu um pênalti.

Marcos nunca vestiu a camisa de outro clube. Além do Palmeiras, jogou apenas pela seleção brasileira, pela qual conquistou a Copa América de 1999, a Copa do Mundo de 2002 e a Copa das Confederações de 2005. Pelo clube paulista, conquistou os títulos dos campeonatos estaduais de 1996 e 2008, da Copa do Brasil e da Copa Mercosul de 1998, da Copa Libertadores de 1999, da Copa dos Campeões e do Torneio Rio-SP de 2000 e da Série B de 2003.

Marcos fez, até hoje, 481 jogos com a camisa do Palmeiras. É, desta forma, o 10º jogador que mais atuou pelo clube, a apenas uma partida de Valdir Joaquim de Moraes, o 9º colocado. Se continuar como titular do time até o fim do ano, o goleiro deve superar, ainda, Nei e Djalma Santos na relação.


Marcos está certo em parar de jogar?



Sim, ele já deu o que tinha que dar


Não, ele ainda pode ser útil ao Palmeiras



A consulta é realizada somente entre internautas e não tem valor de amostragem científica

Leia mais sobre: Marcos Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

marcos palmeiras

Marcos
Goleiro tem contrato até 2014 e pode cumpri-lo, mas deixará de ser titular no fim deste ano

Topo
Contador de notícias