iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/03 - 20:04

Cabañas deixa o hospital
Jogador paraguaio teve alta depois de tomar um tiro na cabeça, mas médico ainda não dizem se ele voltará ao futebol

Trivela.com

O atacante paraguaio Salvador Cabañas, que levou um tiro na cabeça em janeiro, saiu do hospital nessa terça-feira depois de boa reabilitação, mas os médico ainda não conseguem dizer se ele poderá voltar a jogar futebol.

Cabañas, de 29 anos, tem uma bala alojada no cérebro depois de ser baleado após uma discussão em um bar noturno na Cidade do México. O paraguaio consegue dar apenas alguns passos e tem a fala bastante limitada.

'Depois da avaliação de hoje, o doutor determinou que o Cabañas está em condições de deixar o hospital e começar uma nova fase de recuperação', disse o América, clube do jogador, em comunicado oficial.

Os médicos disseram que ter a bala alojada na cabeça não impede necessariamente o jogador de voltar ao futebol, mas o Dr. Ernesto Martinez, que está tratando Cabañas, disse que é muito cedo prever como será sua recuperação. 

No mês passado, Cabañas deixou a Unidade de Tratamento Intensivo e ganhou força, mas segue frágil e começará uma terapia de reabilitação sob supervisão dos médicos num centro de recuperação no subúrbio da Cidade do México.

A polícia ainda está procurando pelo suspeito de ter atirado no paraguaio. Cabañas deve ficar fora da Copa do Mundo. O Paraguai está no grupo F, ao lado de Itália, Eslováquia e Nova Zelândia.


Leia mais sobre: Cabañas América do México Copa do Mundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


EFE

Paraguaio em partida do último dia 17 de janeiro

Cabañas
Atacante se recupera bem do tiro na cabeça, mas retorno ao futebol é incerto

Topo
Contador de notícias