iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/02 - 17:56

Rogério Ceni marca de pênalti e coloca São Paulo perto do G-4

Tricolor paulista fez o suficiente para derrotar o Ituano por 1 a 0, fora de casa, e se recuperar no Paulistão

Gazeta Esportiva

Fora de casa, cheio de desfalques e com quatro atletas poupados, o São Paulo fez o suficiente para garantir a vitória por 1 a 0 sobre o Ituano e se aproximar do G-4 do Campeonato Paulista. Rogério Ceni decretou a vitória no interior paulista, marcando de pênalti ainda durante o primeiro tempo.

Assista ao gol da partida (clique aqui e vejas os melhores lances)

Com o triunfo do 'mistão' tricolor, a equipe chega aos 14 pontos, na quinta colocação, se recuperando da derrota no clássico com o Santos na última rodada. O time atuou sem um batalhão de jogadores: Washington, Marcelinho Paraíba, Renato Silva e Jorge Wagner foram poupados. Dagoberto, Wagner Diniz, Adrian Gonzalez, Rodrigo Souto e Alex Silva estão lesionados.

O São Paulo volta a campo no Campeonato Paulista na próxima sexta-feira, quando recebe o Barueri às 21h50 (de Brasília), no Morumbi. Já o Ituano vai a Rio Claro na quarta-feira para mais um duelo do interior, no Estádio Augusto Schimidt Filho. O confronto está marcado para as 19h30.


O jogo
Ricardo Gomes alterou a formação do São Paulo novamente e, com a estréia de Cicinho entre os titulares, escalou o time no 4-4-2. Desta forma, Léo Lima entrou na equipe para fazer a criação ao lado de Cléber Santana. Foi dos pés do ex-jogador do Atlético de Madri que saiu a primeira boa chance: aos 9 minutos, recebeu pela direita da área e bateu com força, mas o goleiro Saulo fez boa defesa.

Aos 11, Xandão deu um susto na torcida tricolor, quando quase se complicou ao receber passe de Rogério Ceni dentro da área. O São Paulo, no entanto, não era efetivamente ameaçado pelo clube interiorano e, aos 15 minutos, conseguiu abrir o placar. Marlos recebeu dentro da área, cortou a zaga e acabou derrubado. O árbitro Paulo César de Oliveira imediatamente anotou pênalti.

Na cobrança, Rogério Ceni, que tanto criticou o santista Neymar pela 'paradinha' protagonizada no clássico, fez o simples: bateu forte e no meio do gol para abrir o placar. Na frente, os atacantes Henrique e Marlos tentavam substituir Washington e Marcelinho Paraíba de forma eficiente. Aos 20 minutos, Henrique recebeu lançamento e bateu cruzado pelo lado direito, com muito perigo.

Uma das poucas boas oportunidades criadas pelo Ituano aconteceu aos 32 minutos, quando Simão aproveitou sobra após toque rasteiro dentro da área para bater com força no canto esquerdo. Rogério Ceni mergulhou e evitou o empate da equipe rubro-negra. De volta para o segundo tempo, o São Paulo aumentou seu predomínio em campo e passou a sufocar o rival.

Se na etapa inicial a forte marcação foi o principal ponto do time visitante, na segunda etapa a segurança defensiva se transformou em pressão ofensiva. No entanto, a presença de um matador da estirpe de Washington na área prejudicou: o jovem Henrique não conseguiu suprir a demanda de cruzamentos feitos por Cicinho e Junior Cesar, pela direita e esquerda, respectivamente.

O forte calor na cidade de Itu diminuiu substancialmente o ritmo do confronto e poucas chances foram criadas. Em uma delas, aos 7 minutos, Júnior César bateu forte da entrada da área, aproveitando rebote de cobrança de escanteio, mas Saulo mergulhou e fez excelente defesa. Em outro bom momento, já aos 28, Henrique cabeceou para fora, livre na pequena área.

Nos minutos finais, os treinadores esgotaram as alterações - o Ituano em busca do empate, o São Paulo na esperança de poupar seus jogadores. Apesar dos esforços de Wellington, Marlos e Roger, o Tricolor acabou encerrando a partida com a vantagem mínima no marcador, para se aproximar do G-4.


FICHA TÉCNICA - ITUANO 0 x 1 SÃO PAULO


Local: Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data: 13 de fevereiro de 2010, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira
Assistentes: Ednilson Corona e Alberto Poletto Masseira
Cartões Amarelos: Jean Pablo e Luiz Eduardo(Ituano); Cléber Santana (São Paulo)

GOLS: SÃO PAULO: Rogério Ceni, aos 16 minutos do primeiro tempo

ITUANO: Saulo; Simão (Serginho), Rodrigão, Jean Pablo e Alê Silva (Luiz Eduardo); João Leonardo, Alemão, Carlos Eduardo e Anderson Ataíde; Jéferson (Lincoln) e Juninho Paulista
Técnico: Mazola Júnior

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Cicinho (Wellington), Miranda, Xandão e Júnior César; Jean, Hernanes (Richarlyson), Cleber Santana e Léo Lima; Marlos e Henrique (Roger)
Técnico: Ricardo Gomes


Leia mais sobre: Rogério Ceni São Paulo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

Juninho e Ceni

Juninho e Ceni
Capitão são-paulino cumprimentou o ex-colega, mas não teve dó do time administrado por ele

Topo
Contador de notícias