iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/12 - 15:27

Atacante Jobson é pego no doping mais uma vez e pode ser banido

O jogador também foi flagrado com traços de cocaína no sangue após a partida contra o Palmeiras, na última rodada

Gazeta Esportiva

O atacante Jobson, do Botafogo, foi novamente flagrado no exame antidoping, em resultado divulgado pela CBF na tarde desta sexta-feira. Inicialmente pego por uso de cocaína após a vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro, o atleta teve resultado semelhante após a vitória por 3 a 1 contra o Palmeiras, pela última rodada. Como consequência, pode ser banido do esporte.

Jobson já tinha sido flagrado no exame antidoping realizado após a partida contra o Coritiba no Brasileirão e o STJD suspendeu o atacante preventivamente por 30 dias. Por conta disso, o Cruzeiro, que já havia anunciado a contratação do jogador, desistiu do negócio.

De acordo com a CBF, o Botafogo não pediu realização da contraprova, confirmando o doping e validando a amostra para fins de avaliação e julgamento. Mais uma vez foram encontrados traços de Methylecgonine, um metabólito da cocaína, substância estimulante proibida pela Agência Mundial de Antidopagem (AMA).

No primeiro caso registrado, o Botafogo pediu realização da contraprova, que confirmou o resultado inicial. Assim, o jogador foi suspenso preventivamente por um mês pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para aguardar julgamento, no qual poderia pegar até dois anos de suspensão.

Como o STJD está de recesso em função das festas de final de ano, o julgamento do atacante deve acontecer somente no final de janeiro ou começo de fevereiro, quando os campeonatos estaduais também se iniciam pelo Brasil.

Com a reincidência, corre o risco até de encerrar a carreira, já que as leis internacionais preveem que o atleta seja banido do esporte caso seja condenado duas vezes. O jogador teve papel primordial na reação final que evitou o rebaixamento do Botafogo no Campeonato Brasileiro, marcando gols nas vitórias sobre São Paulo e Palmeiras.

Apesar disso, o clube não corre o risco de ser punido, uma vez que mais atletas teriam de ser flagrados nos exames para que isso se tornasse possível. Jobson estava emprestado pelo Brasiliense e era negociado com o Cruzeiro, mas o clube mineiro cancelou o processo ao receber a confirmação do primeiro doping.

O Brasiliense fará a defesa do atleta nos tribunais - os julgamentos devem acontecer apenas em 2010. O Botafogo se prontificou a prestar auxílio.

Confira o comunicado da CBF
Prezados senhores

Vimos à presença de VS. Sas., comunicar-lhes o resultado da análise laboratorial da prova (Amostra A) selo número 258870/ Frasco A-25870, pertencente ao atleta Jobson Leandro Pereira de Oliveira, camiseta número 09 (nove) do Botafogo Futebol e Regatas, quando da realização do jogo Botafogo x Palmeiras, realizado em 06/12/09, no Estádio Olímpico João Havelange, no Rio de Janeiro, válido pelo Campeonato Brasileiro Série A de 2009.

O relatório técnico emitido pelo Ladetec-UFRJ, para a amostra A-258870/ Frasco A-25870 assim se expressa: "S6. Stimulants metabolite (s) of Methylecgonine (cocaine metabolite)" substância proibida, de acordo com o Regulamento da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da Agência Mundial Anti-Dopagem (AMA), o que constitui um resultado analítico adverso.

Cumpre-nos informa-lhe que o clube não desejou a realização da contraprova à amostra 25870. Por esta razão a Amostra A 25870 é considerada como válida para fins de avaliação e julgamento.

Sem mais para o momento e no aguardo de vossa manifestação, subscrevemo-nos.

Atenciosamente, Tanus Jorge Nagem

Presidente da Comissão Nacional de Controle de Dopagem


Leia mais sobre: Jobson Botafogo Palmeiras Cocaína

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

jobson botafogo sao paulo

Jobson
Resultado positivo em novo exame antidoping pode banir o atacante ex-Botafogo do futebol

Topo
Contador de notícias