iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/11 - 19:04

Na despedida de Tcheco do Olímpico, Grêmio vence Barueri

Equipes não brigavam por mais nada, mas fizeram um belo jogo de seis gols, em que o tricolor venceu por 4 a 2

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Onze dias após sua última partida, a vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras, o Grêmio voltou ao Estádio Olímpico, desta vez para jogar contra o Barueri, e precisou apenas de um tempo para somar mais três pontos. Em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor fez 4 a 2 nos paulistas. Veja os gols

O Jogo (veja como foi a partida lance a lance no Placar iG)
Com o jovem Douglas Costa formando dupla ofensiva com Máxi López, o Grêmio começou a partida com muita superioridade, tanto que, logo aos seis minutos de bola rolando, o garoto recebeu bom passe de Fábio Rochemback e esbanjou categoria para vencer o goleiro Renê.

O empate do Barueri ficou próximo de acontecer cinco minutos mais tarde, mas Val Baiano parou no travessão. Apesar do susto, os donos da casa continuaram no ataque e ampliaram a vantagem aos 18, em um golaço de Adílson, que acertou lindo chute de fora da área.

Sob os pedidos da torcida tricolor pela permanência do treinador interino Marcelo Rospide, o Grêmio chegou ao terceiro gol. O meia Souza fez bela jogada, passou pelo zagueiro Xandão e bateu com força, sem dar chances ao arqueiro adversário.

Ainda antes do intervalo, os gaúchos ficaram próximos de transformar a vitória em goleada, mas o zagueiro Réver perdeu gol incrível, após receber passe de Máxi López.

Para o segundo tempo, Rospide colocou Tcheco na vaga de Maylson. Em sua despedida do clube, já que deverá se transferir para o Corinthians em 2010, o camisa 10 recebeu a faixa de capitão do goleiro Victor. Do lado do Barueri, voltaram os mesmos 11 jogadores.

Sem a mesma pegada da primeira etapa, o Grêmio viu o Barueri diminuir o marcador. Aos dez minutos, Fábio Rochemback derrubou Flavinho dentro da grande área: pênalti. Na cobrança, Val Baiano chutou com força e chegou ao seu 17º gol no Campeonato Brasileiro.

O gol animou os paulistas, que fizeram o segundo gol aos 33 minutos, Thiago Humberto fez a jogada, o goleiro Victor falhou e a bola sobrou com o artilheiro Val Baiano, que agora está com apenas um gol a menos que Adriano. Mas a reação da Abelha parou por aí e, no final da partida, ainda viu suas redes serem balançadas mais uma vez, por Máxi López.

Com a vitória por 4 a 2, o Grêmio chegou aos 55 pontos e permaneceu na oitava colocação do Campeonato Brasileiro, com uma das vagas para a Copa Sul-Americana do ano que vem assegurada. Já o Barueri continuou em 11º, com 48 pontos conquistados.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 X 2 BARUERI

Local:
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 29 de novembro de 2009, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (RJ)
Assistentes: Alcides Zawaski Pazetto e Neuza Inês Back
Cartões amarelos: Daniel Marques, Ralf e Éverton (Barueri), Rochemback (Grêmio).
Gols:
GRÊMIO: Douglas Costa aos seis, Adílson aos 18 e Souza aos 32 minutos do primeiro tempo. Máxi López aos 45 minutos do segundo tempo.
BARUERI: Val Baiano, aos dez e aos 33 minutos do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Réver, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Fábio Rochemback (Herrera), Maylson (Tcheco) e Souza; Douglas Costa (Túlio) e Maxi López
Técnico: Marcelo Rospide

BARUERI: Renê; Xandão, Daniel Marques e Leandro Castan; Éder, Everton (Cléverson), Ralf e Márcio Hahn (Henrique Dias); Thiago Humberto; Val Baiano e Flavinho (William).
Técnico: Luís Carlos Goiano


Leia mais sobre: Grêmio Barueri Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Grêmio Souza

Souza
Meia do tricolor gaúcho marcou o último gol da equipe na goleada de 4 a 2 sobre o Barueri

Topo
Contador de notícias