iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/11 - 10:00

Perto do rebaixamento, Ramalhão se apega à matemática
"Matematicamente, temos chance ainda", comentou o técnico Sérgio Soares, sem esconder o abatimento

Gazeta Esportiva

GOIÂNIA - A derrota para o Goiás neste domingo complicou de vez a situação do Santo André no Campeonato Brasileiro. O time estacionou nos 35 pontos, a seis de deixar a zona de rebaixamento, mas restando apenas três rodadas para o término da competição. Mesmo assim, ninguém desiste do objetivo.

"Matematicamente, temos chance ainda", comentou o técnico Sérgio Soares, sem esconder o abatimento pelas contas nada esperançosas. "Sabemos que está muito difícil, temos que fazer nossa parte dentro de casa e, se há chances matemáticas ainda, temos que acreditar até o final", completou.

Outro que ainda não jogou a toalha, mas que também esteve cabisbaixo na saída do gramado do Serra Dourada foi o meio-campista Marcelinho Carioca. Autor do gol do Santo André na derrota para o Goiás, o jogador ainda não aceitava a derrota de virada após a queda de rendimento no segundo tempo.

"Está difícil agora. Vamos lutar até o final e ver o que acontece nessas três rodadas que restam", limitou-se a dizer o veterano atleta, deixando o destino do time a cargo do insucesso dos concorrentes diretos na luta contra a queda para a segunda divisão, especialmente os cariocas Botafogo e Fluminense.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias