iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/10 - 00:33

Maradona desabafa após classificar Argentina para Copa

"Que chupem. E que continuem chupando. Vocês que me trataram como me trataram... continuem mamando"

Redação iG Esporte com agências

MONTEVIDÉU (Uruguai) - O técnico da seleção argentina de futebol, Diego Maradona, que nesta quarta-feira venceu o Uruguai por 1 a 0 e se classificou para a Copa do Mundo da África do Sul, disse que o resultado é "uma lição" para os que criticaram seu trabalho. E ainda se exaltou logo após o apito final do árbitro.

"Chupem! Chupem todos!", esbravejava Maradona e integrantes da comissão técnica, ao fim da partida, em uma ira dirigida especificamente contra jornalistas, que o criticaram durante a sofrida campanha pela classificação.

"Agradeço ao plantel argentino pelo privilégio de chegar ao Mundial, as pessoas que cruzaram o rio (da Prata), mas (...) há gente que não merece. Para os que não acreditaram nessa seleção, para os que me trataram como lixo. E com perdão às senhoras. Que chupem. E que continuem chupando. Vocês que me trataram como me trataram... continuem mamando", afirmou.

"Chegamos à África do Sul ganhando uma grande equipe uruguaia, que jogava sua vida", disse Maradona, que parece disposto a dirigir a seleção no Mundial de 2010.

"Vesti o uniforme de treinador para levar a seleção ao Mundial e me consagrei como técnico", destacou Maradona, que agradeceu o apoio "dos jogadores e do povo argentino".

Com a vitória desta quarta, a Argentina se uniu a Brasil, Paraguai e Chile na Copa de 2010. O Uruguai decide com a Costa Rica se disputa o Mundial, em jogos de ida e volta, nos dias 14 de novembro, fora, e 18 de novembro, em Montevidéu.

*Com AFP e BBC


Leia mais sobre: Argentina Maradona Copa do Mundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Diego Armando Maradona

Maradona
Técnico da Argentina estava em êxtase após vitória no Uruguai e classificação para Copa garantida

Topo
Contador de notícias