iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 07:46

Fifa preocupada com acomodação para torcedores em 2010
Entidade volta a cobrar a África do Sul em relação à oferta de quartos para turistas que forem acompanhar a Copa no país

Levi Guimarães, enviado especial iG Esporte


PRETORIA (África do Sul) - Embora assuntos como transporte e segurança sejam os mais frequentes motivos de preocupação da imprensa internacional no que diz respeito à realização da Copa do Mundo na África do Sul, outro tópico parece incomodar cada vez mais os dirigentes da Fifa: o número insuficiente de acomodação para receber todos os visitantes esperados para o período do torneio.

A previsão é de que o país receba de 400 a 450 mil pessoas de 11 de junho a 11 de julho do ano que vem, entre torcedores, convidados da Fifa e empresas patrocinadoras e profissionais de veículos de imprensa de todo o mundo. Por isso, o secretário-geral da entidade, Jerome Valcke, segue cobrando atitudes para garantir que a rede hoteleira do país possa atender a todo esse público.

“Não estou preocupado com a venda de ingressos, mas sim com a acomodação para os torcedores. A nossa maior preocupação é que cada pessoa ao redor do mundo que comprar um ingresso, também consiga um vôo e um quarto. Precisamos de locais para acomodação suficiente e um sistema de transporte seguro e de alta capacidade”, afirmou o dirigente em entrevista à revista alemã Kicker.

De fato, se existia qualquer preocupação com vazios nas arquibancadas, como foi comum durante a Copa das Confederações, essa possibilidade se mostra cada vez mais remota. A partida de abertura, a decisão e as semifinais do Mundial já tem ingressos esgotados. E também não existem mais “pacotes” de ingressos para seguir todos os jogos de equipes  como Brasil, Inglaterra, Argentina, Austrália, Irlanda, Holanda e Estados Unidos, além de partidas nas cidades-sede de Pretoria, Port Elizabeth, Nelspruit e Cidade do Cabo.

Com isso, o esforço do Comitê Organizador Local (LOC, na sigla em inglês) deve mesmo se concentrar em criar condições para que todos os visitantes do país tenham onde se hospedar.

A situação, no entanto, só deve evoluir depois do sorteio dos grupos, em dezembro, quando serão definidios os locais onde cada seleção vai jogar durante a primeira fase da competição. Antes disso, a única opção para os torcedores já reservarem um pacote turístico é por meio da empresa Match, a única autorizada pela Fifa a fazer pré-reserva de hotéis na África do Sul.

Seleções buscam alternativas
Com a expectativa de grande concorrência pelos melhores hotéis durante a Copa e a certeza de muito movimento em todas as nove cidades-sede, algumas seleções já começam a definir os locais onde estabelecerem base durante o torneio. É o caso de Paraguai, Japão e Inglaterra, já classificados, e até da Alemanha, que ainda não garantiu a vaga matematicamente.

As duas equipes européias negociam para se hospedar em áreas próximas às sedes de Rustenburg (Inglaterra) e Pretoria (Alemanha), mas longe o suficiente dos centros urbanos das cidades para garantir tranquilidade durante os treinamentos e períodos de descanso.

Paraguai e Japão, por outro lado, já confirmaram suas sedes. A equipe sul-americana ficará em Mossel Bay e a seleção asiática em George. Ambas as cidades ficam na província de Eastern Cape (em português, Cabo Leste), uma região exatamente no meio do trajeto entre a Cidade do Cabo e Port Elizabeth.

A aposta da Fifa e do LOC é que, seguindo suas seleções, muitos torcedores também optem por se hospedar em cidades que não são sedes oficiais dos jogos. Essa, portanto, deve ser a principal estratégia para evitar problemas de acomodação durante o torneio. Desde que, paralelamente, seja organizado um sistema de transporte eficiente para quem optar em por essa opção.


Leia mais sobre: África do Sul Copa do Mundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Levi Guimarães

us torcida na copa

Torcida
Autoridades africanas estão preocupadas com as acomodações para os turistas na Copa do Mundo

Topo
Contador de notícias