iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/09 - 15:00

Brasil está entre países com mais candidatos a vagas de voluntários na Copa
Com 489 inscritos, país é o quarto com mais interessados em trabalhar no programa de voluntariado da Fifa em 2010; total de vagas chega a 15 mil

Levi Guimarães, enviado especial iG Esporte


RUSTENBURG (África do Sul) - “O mundo está pronto”. Essa foi a frase usada pelo presidente do Comitê Organizador Local (LOC, na siga inglês) da Copa de 2010, Danny Jordan, para agradecer pelo recorde de inscrições para o programa de voluntariado durante o Mundial.

Entre sul-africanos e estrangeiros, o número de candidatos chegou a 67.999 pessoas, batendo com folga o recorde anterior, de 2006, na Alemanha, quando 48.167 pessoas se inscreveram.

Se no ranking de seleções da Fifa a equipe de Dunga aparece na ponta desde o título da Copa das Confederações, em junho, no “ranking” de países com mais candidatos o Brasil também está na parte de cima. No geral, o país é o quarto com maior número de candidatos. E o terceiro se não for considerada a África do Sul, país sede do evento.

O país com maior número de inscritos foi a Nigéria, com 750 candidatos, e a vice-liderança ficou com os Estados Unidos, com 554. O Brasil teve 489 e foi seguido, surpreendentemente, pelo Zimbábue, com 449. A Itália apareceu no quinto lugar, com 414.

Outros países africanos foram destacados pelo LOC, como Camarões, República Democrática do Congo e Lesotho, país independente que está situado dentro do território sul-africano e a menos de 500 quilômetros de pelo menos três sedes.

Dentro da África do Sul, a cidade de Joanseburgo, única com dois estádios recebendo jogos da Copa, foi a recordista de incrições, com um total de 16280 pessoas. A capital administrativa, Pretoria, aparece em segundo, com 8496, e Port Elizabeth, a grande surpresa, em terceiro, com 7365.

Entre as áreas procuradas pelos voluntários, as mais populares foram, pela ordem: suporte administrativos, hospitalidade, Fan Park e tecnologia da informação e telecomunicações.

Agora, a Fifa vai realizar uma seleção prévia entre os inscritos e as entrevistas com os candidatos começam em dezembro. Os candidatos estrangeiros serão entrevistados por teleconferência e os aprovados serão treinados em seus respectivos países.

“Queremos agradecer aos milhares de candidatos que se inscreveram para ser voluntários. Com certeza o programa mostrou ser extremamente popular e nós estamos honrados com a incrível resposta que tivemos de pessoas do mundo todo”, afirmou Jordan.


Leia mais sobre: Copa do Mundo voluntários Brasil

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Levi Guimarães

us voluntarios na copa

Voluntários
Brasil é o quarto país com maior número de candidatos a trabalhar na Copa do Mundo

Topo
Contador de notícias