iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/08 - 18:02

Com gols de novatos, Santos bate o desesperado Flu na Vila

André e Ganso balançaram as redes e decidiram o jogo para o Peixe, que complicou ainda mais a situação do tricolor carioca na luta contra o rebaixamento

Redação iG Esporte e Gazeta Esportiva

SANTOS - O Santos se reencontrou com a vitória neste domingo. Depois de duas rodadas sem vitórias, o Peixe bateu o Fluminense, por 2 a 0, na Vila Belmiro. Os novatos André, no primeiro tempo, e Paulo Henrique Lima, o Ganso, no segundo, deixaram suas marcas e conduziram o time a mais uma vitória, nesta 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo dentro de seus domínios, os santistas chegaram a nona colocação, com 31 pontos ganhos. Enquanto isso, o Flu segue na última posição, com apenas 16 pontos conquistados.

Na próxima rodada, o Alvinegro Praiano visita o Corinthians, no clássico paulista que será disputado na próxima quarta-feira, no Pacaembu. Já o Tricolor Carioca recebe o Náutico, no próximo domingo, no Martins Pereira.

Veja os gols de Santos 2 x 0 Fluminense

O jogo (Veja como foi lance a lance)
O jogo começou com as duas equipes buscando a vitória. E o Santos mostrou logo com um minuto, que estava determinado a conquistar os três pontos jogando dentro de casa. O meia Madson fez boa jogada pela esquerda e cruzou para André. O jovem atacante, substituto do suspenso Kléber Pereira, tocou por cima do gol, assustando o goleiro Rafael.

O Fluminense não deixou por menos. Aos três, o argentino Conca mandou a bola para a área em cobrança de falta. A bola passou por todo mundo, menos pelo zagueiro Luiz Alberto. O zagueiro tricolor, no entanto, não soube direcionar o arremate e acabou desperdiçanco uma boa chance de gols para os visitantes.

No minuto seguinte, o Peixe voltou a assustar os cariocas. George Lucas cobrou a falta na cabeça do volante Emerson. O jogador, que foi o capitão da equipe e realizava a sua primeira partida como titular na Vila, cabeceou forte, no meio do gol, exigindo mais uma boa intervenção do arqueiro Rafael.

Aos sete, nova oportunidade para os santistas. Em boa trama do ataque, Madson deixou para o meia Paulo Henrique Lima. Ganso carregou a bola, limpou um adversário e devolveu para Madson. O Baixinho tocou para o meio da área, buscando André. O centroavante chegou antes do zagueiro e completou para o gol. Atento, Rafael defendeu o chute no reflexo, evitando o primeiro gol dos donos da casa.

Depois de um começo recheado de emoções, o confronto entre Santos e Fluminense passou a ser mais truncado. O duelo passou a se concentrar mais nas disputas de meio-campo, com algumas faltas de ambos os lados.

No final do primeiro tempo, o Peixe resolveu voltar à carga em busca do primeiro gol. Aos 40, o Léo recebeu boa bola pela esquerda, tirou Ruy da marcação, trazendo a bola para o meio e batendo de perna direita. Bem colocado, Rafael defendeu com segurança.

Responsável pelas melhores chances alvinegras, André apareceu para tirar o grito de gol entalado na torcida santista, que comparecia a Vila Belmiro. Aos 44, o árbitro Evandro Rogério Roman marcou falta técnica de Luiz Alberto. Na cobrança da infração, George Lucas levantou a bola com perfeição para a cabeçada de André, sem chances para Rafael. Este foi o primeiro gol do novato desde que subiu ao time principal.

Na volta do intervalo, o Santos voltou sem o seu capitão. Sentindo a falta de ritmo de jogo, Emerson deu lugar a outro garoto: o volante Alan. Mas foi o Fluminense quem criou a primeira oportunidade de gol da etapa complementar.

Aos quatro, Conca cobrou escanteio, Luiz Alberto escorou e Diogo emendou de bicicleta para o gol. Germano, em cima da linha, afastou o perigo.

Com o Peixe administrando a vantagem conquistada, o Tricolor Carioca passou a se arriscar mais no campo de ataque. Aos 19, Raphael Augusto roubou a bola de Germano e tocou para Kieza. O atacante do Flu cortou para o meio, porém não pegou bem na bola e acabou perdendo uma boa chance de gols para os cariocas.

Mais bem postados no gramado, os santistas definiram a partida. Aos 29, em nova cobrança de falta de George Lucas, Paulo Henrique Lima desviou a bola de cabeça e, sutilmente, tirou o goleiro Rafael da jogada: 2 a 0 para o Alvinegro Praiano, que tratou de fazer uso da posse de bola até o final do jogo, evitando assim qualquer reação do Fluminense, até o apito final do juiz.

FICHA TÉCNICA: SANTOS 2 X 0 FLUMINENSE

Local:
Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 30 de agosto de 2009, domingo
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Roberto Braatz (FIFA-PR ) e Altemir Hausmann (FIFA-RS)
Renda: R$ 150.860,00
Público: 9.705 pagantes
Cartões amarelos: Emerson, Madson, Alan e Rodrigo Souto (Santos); Diguinho, Ruy e Luiz Alberto

Gols: SANTOS: André, aos 44 minutos do primeiro tempo e Paulo Henrique Lima, aos 29 minutos do segundo tempo

SANTOS: Felipe; George Lucas, Domingos, Eli Sabiá e Léo; Emerson (Alan, depois Pará), Rodrigo Souto, Germano e Paulo Henrique Lima; Madson e André (Neymar)
Técnico: Wanderley Luxemburgo

FLUMINENSE: Rafael; Ruy, Gum, Luiz Alberto e João Paulo (Maicon); Fabinho, Diguinho (Marquinho), Diogo (Raphael Augusto) e Darío Conca; Roni e Kieza
Técnico: Renato Gaúcho


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

André e Emerson

André e Emerson
Jovem atacante e o novo capitão do time comemoram juntos o primeiro gol do Santos

Topo
Contador de notícias