iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/08 - 18:06

Com dois a mais, Flu empata com Barueri e volta à lanterna
Resultado foi muito ruim para o Tricolor das Laranjeiras que agora é o lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas 16 pontos ganhos

Redação iG Esporte e Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - No Maracanã, o Fluminense teve o benefício de terminar a partida contra o Barueri com dois jogadores a mais, mas empatou sem gols em partida de baixo nível técnico disputada na tarde deste domingo. Resultado muito ruim para o Tricolor das Laranjeiras que agora é o lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas 16 pontos ganhos. Já o Barueri está na oitava colocação, com 32.

O placar castigou a equipe carioca que não conseguiu se impor diante do adversário nem mesmo quando os paulistas ficaram com nove jogadores. A equipe visitantes conseguiu seu objetivo de arrancar pelo menos o ponto na casa do adversário, atuando com muita disciplina tática.

Na próxima rodada do Brasileiro, o Fluminense vai enfrentar o Santos na Vila Belmiro, no domingo, às 16 horas (de Brasília). Já o Barueri recebe o Corinthians às 21h50 na Arena Barueri.

Veja os melhores momentos de Fluminense 0 x 0 Barueri

O jogo - veja como foi a partida no lance a lance do Placar iG
Escalado com uma formação ofensiva, o Fluminense começou a partida tentando pressionar a defesa do Barueri. Só que o primeiro lance de perigo foi criado pelo ataque do Barueri aos sete minutos, quando Márcio Careca cruzou e Thiago Humberto concluiu para grande defesa de Rafael.

O Tricolor carioca tinha dificuldades para se armar porque Maicon não conseguia achar uma posição adequada dentro de campo e acabava embolando com os jogadores de meio campo. Já o Barueri parecia mais preocupado em bloquear as investidas tricolores do que se preocupar em armar jogadas de ataque.

O primeiro chute a gol do Fluminense só foi acontecer aos 20 minutos mas não levou perigo ao gol do Brueri porque Maicon errou a pontaria. Aos 25 foi a vez de Val Baiano chutar mal depois de receber bom passe de Thiago Humberto.

O time dirigido por Renato Gaúcho continuava com dificuldade de criar jogadas ofensivas e o Barueri não mostrava muito interesse em partir para o ataque, o que tornava a partida bastante monótona, provocando a irritação da pequena torcida tricolor que começou a vaiar o fraco futebol apresentado pelas duas equipes.

Aos 35 minutos, novamente Maicon apareceu com perigo na área da equipe paulista. Ele recebeu fora da área e arriscou um chute forte e a bola passou perto da trave direita de Renê. Irritada com a apatia da equipe tricolor, a torcida vaiou intensamente a sua equipe nos minutos finais da primeira etapa.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo e jogando da mesma forma. O Fluminense tentando atacar mas revelando falta de organização enquanto o Baruri atuava recuado, tentando atrair o adversário para tentar surpreendê-lo em jogadas de velocidade.

Só depois dos dez minutos ]e que o Tricolor carioca começou a se aproximar com perigo da defesa do Barueri. Aos 11 minutos, Maicon chutou com perigo e aos 12 foi a vez de Luiz Alberto cabecear e assustar o goleiro paulista.

O Barueri criou ótima chance aos 18 minutos quando Val Baiano rolou para Thiago Humberto que foi travado na hora do chute mas a bola sobrou para Val Baiano que chutou em cima de Thiago e desperdiçou grande chance. Logo depois, Renato Gaúcho tirou Roni, que saiu vaiado, e colocou Alan que estava sendo pedido pela torcida.

Aos 26 minutos, Diego entrou de forma violenta sobre Maicon e foi expulso de campo. Com dez homens em campo, o time paulista passou a se preocupar com a manutenção do placar. No Tricolor carioca, Renato tirou o lateral João Paulo e colocou o meia Marquinho para dar mais poder ofensivo. Na sequência, Ruy entrou pela direita, driblou o goleiro e chutou cruzado.A bola foi desviada por Renê e se chocou com o travessão.

Mesmo recuado, o Barueri criou uma grande chance aos 38 minutos quando Márcio Careca fez grande jogada individual e chutou forte para grande defesa de Rafael. Aos 45 minutos, André Luiz tamb[em recebeu cartão vermelho mas o Fluminense não teve tempo para aproveitar a vantagem numérica.

FICHA TÉCNICA: FLUMINENSE 0 x 0 BARUERI

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de agosto de 2009, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Bezerra (SC)
Assistentes: Alcides Pazetto e Claudemir Maffessoni (ambos de SC)
Cartões amarelos: João Paulo, Cássio, Carlos Eduardo e Alan(Fluminense); André Luiz, Flavinho, João Vitor (Barueri)
Cartões vermelhos: Diego e André Luiz (Barueri)

FLUMINENSE: Rafael; Ruy, Luiz Alberto, Cássio e João Paulo (Marquinho); Fabinho (Carlos Eduardo), Diguinho, Darío Conca e Maicon; Roni (Alan) e Kieza
Técnico: Renato Gaúcho

BARUERI: Renê; André Luiz, Xandão e Diego; Marcos Pimentel, João Vitor, Ralf, Thiago Humberto (Daniel Marques) e Márcio Careca; Val Baiano (Otacilio Neto) e Flavinho
Técnico: Diego Cerri


Leia mais sobre: Fluminense Barueri Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Photocamera

fluminense empata com o barueri no maracanã

Fluminense
Diante de seus torcedores, Flu apenas empata e fica em situação complicada

Topo
Contador de notícias