iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/08 - 23:49, atualizada às 01:42 20/08

Corinthians vence o Internacional e mantém sonho de título

Vitória por 2 a 1 acabou sendo benéfica para rivais paulistas, como Palmeiras e São Paulo, que disputam posições com os colorados

Redação iG Esporte e Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Mais de um mês depois de conquistar o título da Copa do Brasil, o Corinthians voltou a enfrentar o Internacional no estádio Beira-Rio. A vitória por 2 a 1, com gols de Jorge Henrique, Jean e Alecsandro, devolveu definitivamente à equipe paulista o direito de sonhar com a conquista do Campeonato Brasileiro.

O técnico Mano Menezes, que havia desistido de pensar no título nacional, prefere ver o seu time evoluir ainda mais para mudar de ideia publicamente. Mas os primeiros passos já foram dados. O Corinthians ficou com 31 pontos ganhos depois de ganhar do Inter. Enfrentará o Botafogo no domingo, no Pacaembu.

Já o Internacional ao menos permaneceu na zona de classificação à Copa Libertadores da América com o resultado, ainda totalizando 33 pontos. Seu próximo desafio será contra o maior rival do Corinthians e líder do Campeonato Brasileiro. O confronto com o Palmeiras ocorrerá no sábado, no Palestra Itália. Veja os gols do jogo desta quarta-feira:




O jogo
A empolgação da torcida do Internacional fazia lembrar a decisão da Copa do Brasil. Assim como naquela partida, nesta quarta-feira o Corinthians não se intimidou e atacou a equipe da casa desde o primeiro tempo. Não demorou muito para os visitantes abrirem o placar.

Aos 10 minutos, Marcinho cobrou falta na área e a bola tocou no pé da trave. Na sobra, depois de bate-rebate, o zagueiro Chicão completou para dentro - o árbitro creditou o gol a Jean. O técnico Mano Menezes vibrou bastante no banco de reservas. E mudou de expressão quando o adversário foi ao ataque para buscar o empate.

Substituto do machucado Felipe, o jovem goleiro Rafael Santos começou a ser bastante exigido pelos colorados. Soltou a bola algumas vezes, mas se recuperou nas jogadas seguintes. Aos 34 minutos, no entanto, não havia muito a fazer para evitar o gol do Internacional.

Giuliano cruzou da direita, e o atacante Alecsandro cabeceou para as redes. A igualdade no marcador era o que faltava para os torcedores do Inter cantarem ainda mais alto no Beira-Rio. Até o final da primeira etapa, porém, nenhum dos times chegou a criar novas oportunidades claras de gol.

Milton Trajano
Milton Trajano


Logo aos quatro minutos do segundo tempo, no entanto, o Corinthians levou um susto. Danilo Silva tentou cruzar da direita e acertou o travessão. Como o Internacional continuou mais bem postado em campo, Mano Menezes decidiu fazer a primeira alteração do jogo. Promoveu a estreia do zagueiro Paulo André, que entrou no lugar de Marcinho.

Mais seguro na defesa, o Corinthians começou a explorar os contra-ataques. Quase sempre através de Dentinho e Jorge Henrique, que tentaram encurtar o caminho para o gol com chutes de longa distância. O técnico Tite percebeu a melhora do oponente e trocou Bolaños por Marquinhos.

As últimas cartadas corintianas foram Bill e Jadson, substitutos de Henrique e Morais. Deu resultado. Aos 42 minutos, Jorge Henrique ficou livre de marcação dentro da área e completou para o gol um cruzamento da direita. Reclamando de impedimento, os colorados não tiveram muito tempo para reagir.


FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 1 X 2 CORINTHIANS


Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 19 de agosto de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (SC)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues e Dilbert Pedrosa Moisés (ambos Fifa-RJ)
Cartões amarelos: Bolaños, Marcelo Cordeiro, Bolívar (Internacional); Jucilei, Jorge Henrique, Dentinho, Paulo André (Corinthians)

Gols:
INTERNACIONAL: Alecsandro, aos 34 minutos do primeiro tempo; CORINTHIANS: Jean, aos 10 minutos do primeiro tempo, e Jorge Henrique, aos 42 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Lauro; Danilo Silva, Bolívar, Sorondo e Marcelo Cordeiro; Sandro, Guiñazu, Giuliano e Andrezinho; Bolaños (Marquinhos) e Alecsandro
Técnico: Tite

CORINTHIANS Rafael Santos; Jucilei, Jean, Chicão e Marcinho (Paulo André); Moradei, Elias e Morais (Jadson); Jorge Henrique, Henrique (Bill) e Dentinho
Técnico: Mano Menezes


Leia mais sobre: Corinthians Internacional

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AE

jorge henrique festeja

Jorge Henrique festeja
Atacante foi decisivo no segundo tempo, definindo o placar em favor do Timão

Topo
Contador de notícias