iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/08 - 08:50

Conheça alguns brasileiros anônimos e pouco conhecidos do futebol europeu
Você conhece Pedro Geromel, zagueiro que joga no futebol alemão? E o Juca, do La Coruña? Esses e outros brasileiros prometem brilhar na temporada europeia de futebol

Redação iG Esporte

SÃO PAULO - Alguns dos principais campeonatos nacionais da Europa já começaram. Outros ainda estão por iniciar. Enquanto a bola já rola pelo Alemão, Inglês, Francês e Português, os torcedores aguardam ansiosamente pelo apito inicial no Espanhol e Italiano.

A temporada promete fortes emoções, principalmente com os jogadores brasileiros de destaque, como Kaká, Robinho, Luís Fabiano, Lúcio, Grafite, entre outros nomes de prestígio. E além dos brazucas mais conhecidos, a Europa também mostra aqueles que pouca gente conhece no Brasil.

A equipe do iG Esporte fez uma lista com alguns brasileiros pouco conhecidos no futebol do Velho Mundo, ou que caíram no esquecimento do público nacional, e que podem aparecer como surpresas e fazer um bom papel nesta temporada. Veja abaixo:

Michel Bastos - Lyon (França)
Lateral-esquerdo gaúcho, nascido em Pelotas, revelado para o futebol brasileiro no Figueirense e com boa passagem pelo Atlético-PR. Foi contratado pelo Lille, da França, e efetivado como jogador de meio-campo. Brilhou no futebol europeu nesta nova função e despertou interesse do Lyon, clube pelo qual joga atualmente. Foi eleito um dos melhores jogadores da última temporada. Olho nele.

Matuzalém - Lazio (Itália)
No Brasil, o meio-campista jogou somente no Vitória. Do futebol baiano foi direto para Europa, onde passou por muitos clubes italianos até se firmar de vez na Lazio. Antes de defender o time da Bota, o jogador teve um ótimo desempenho no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Seu passe pertence ao Zaragoza, da Espanha.

Juca - La Coruña (Espanha)
Pouca gente se lembra dele, mas o volante teve boas passagens por Botafogo e Internacional no futebol brasileiro. Está desde 2007 na Europa - defendeu o Partizan Belgrado, da Sérvia - e foi contratado pelo Deportivo La Coruña para esta temporada. Com um contrato de dois anos na equipe espanhola, é apelidado de "bombardeiro brasileiro" por lá.

Raffael - Hertha Berlim (Alemanha)
Começou sua carreira no Juventus da Mooca, de São Paulo, mas nem chegou a se profissionalizar pelo time. Foi para Europa em 2003 e passou cinco temporadas na Suíça antes de despertar interesse do clube da capital alemã. No Herta Berlim, o meio-campista é titular absoluto, camisa 10 e o cérebro da equipe. O cearense se destaca pela habilidade e velocidade.

Fábio - Manchester United (Inglaterra)
Irmão gêmeo de Rafael, lateral-direito do clube inglês, o ala-esquerdo sofreu com as lesões na última temporada e foi pouco utilizado. Neste ano, o carioca atuou bem em algumas partidas amistosas antes da Premiership e o técnico Alex Ferguson pode aproveitar mais o jovem brasileiro de apenas 19 anos. Se não estourar neste ano, tem tudo para ser nos próximos.

Hulk - Porto (Portugal)
Atacante é considerado um fenômeno no futebol de Portugal. Chegou ao Porto em 2008 proveniente do Verdy Tokyo, do Japão, e de lá para cá sempre deixa sua marca pela equipe lusa. No Brasil, jogou no Vitória, mas sem grande destaque. Além do porte físico avantajado e de sua virilidade, chuta muito forte com a perna esquerda e tem uma técnica apurada.

Hilton - Olympique de Marselha (França)
Revelado pelo São Paulo e com rápida passagem pelo Paraná Clube, o jogador era lateral-esquerdo de origem, mas foi deslocado para zaga no Velho Mundo, onde se deu muito bem. Está desde 2004 no futebol francês e atualmente é um dos grandes nomes do Olympique de Marseille. Aos 31 anos, se destaca pela velocidade na defesa.

Nenê - Mônaco (França)
Canhoto, rápido, habilidoso e com chute potente. Atacante apareceu bem no Paulista de Jundiaí e brilhou com as camisas de Santos e Palmeiras, antes de se aventurar no futebol do exterior. Passou por Mallorca, Alavés, Celta de Vigo e Espanyol, e atualmente é jogador do Mônaco, da França. Já teve uma passagem pelo clube em 2008, mas agora promete melhores apresentações.

Pedro Geromel - Colônia (Alemanha)
Desconhecido do público brasileiro. Talvez os palmeirenses se lembrem dele quando atuou na equipe alviverde entre 2002 e 2003. O zagueiro passou quatro anos no Vitória de Guimarães, de Portugal, e atualmente é titular absoluto do Colônia, da Alemanha. Na última temporada da Bundesliga foi eleito um dos melhores jogadores do torneio, com apresentações acima da média.

Élson - Stuttgart (Alemanha)
Meio-campista sempre foi uma incógnita nos clubes brasileiros pelo qual passou, mas atualmente anda muito bem pelo Stuttgart, tradicional e vencedora equipe alemã. Revelado pelo Ituano, passou ainda por Vitória, Palmeiras, Cruzeiro e Goiás. É jogador do time germânico desde 2004, mas somente agora atua como titular e começa a mostrar um bom futebol, com gols e boas participações nos jogos.


Leia mais sobre: Brasileiros no mundo Futebol internacional

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

Élson, do Stuttgart

Élson
Meia já passou por Palmeiras e Cruzeiro, e atualmente é peça fundamental do Stuttgart

Topo
Contador de notícias