iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/08 - 09:50

Centro para turistas "esquece" Joel e comete gafe com Parreira
Galeria de fotos no local preparado para os visitantes ao lado do estádio em construção de Green Point homenageia treinadores da seleção sul-africana, mas erra em relação aos dois técnicos brasileiros

Levi Guimarães, enviado especial iG Esporte

CIDADE DO CABO (África do Sul) - Um foi o técnico dos Bafana Bafana entre 2007 e 2008 e deixou o cargo por conta de problemas pessoais. O outro assumiu o comando do time há pouco mais de um ano e, aos poucos, vem conquistando a confiança de torcedores e da mídia do país.

Carlos Alberto Parreira e Joel Santana já entraram para a história do futebol sul-africano. Afinal, os dois brasileiros fazem parte do seleto grupo de seis treinadores que comandaram a seleção nacional desde que foi encerrado o regime do Apartheid.

Não é incomum ouvir elogios - e, claro, algumas críticas - aos dois vindos dos torcedores mais apaixonados pelo futebol. Mas naquele que será um dos principais palcos da Copa do Mundo no ano que vem, ambos estão pouco prestigiados.

Ao lado do canteiro de obras do estádio Green Point, na Cidade do Cabo, foi criado um centro para os visitantes, onde é possível ver de perto a evolução da construção da arena e conhecer um pouco da história do bairro.

No saguão de entrada do local, uma exposição fotográfica apresenta um pouco da história do futebol na cidade e no país, com imagens de jogos e times locais desde o início do século XX.

Mas na área onde são homenageados todos os técnicos da seleção sul-africana aparecem as gafes. Joel, o atual treinador, nem sequer aparece, embora tenha assumido o cargo apenas alguns meses após a inauguração do centro.

Já Parreira aparece ao lado dos outros treinadores que já passaram pela equipe, Clive Barker, Trott Moloto, Jomo Sono e Carlos Queiroz. Contudo, no lugar do nome correto do treinador tetracampeão mundial com a seleção brasileira em 1994 aparece o sobrenome "Peirrera".

Apesar da gafe e dos resultados pouco expressivos quando estava à frente da equipe, Parreira parece ainda contar com o respeito dos sul-africanos. Para a imprensa do país, ele é apontado como um dos responsáveis pela evolução da equipe nos últimos anos, além de ter garantido a continuidade do trabalho com a indicação do amigo Joel Santana para o cargo.


Leia mais sobre: África do Sul Carlos Alberto Parreira Joel Santana Bafana Bafana

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Levi Guimarães

Carlos Alberto Parreira

Carlos Alberto Parreira
Técnico brasileiro é homenageado no centro de visitantes do Green Point, um dos palcos da Copa

Topo
Contador de notícias