iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/08 - 10:31

Juca diz que se surpreendeu com qualidade do Deportivo

"Estamos nos preparando bem e espero que cheguemos a um bom nível no início da temporada", disse o brasileiro

EFE

LA CORUNHA (Espanha) - O meia brasileiro Juca, do Deportivo La Coruña, disse que a equipe espanhola, aonde chegou em julho, o surpreendeu pela qualidade de seus jogadores.

"Encontrei uma equipe com muita qualidade, não esperava que tivesse tanta, e podemos brigar por coisas grandes. Estamos nos preparando bem e espero que cheguemos a um bom nível no início da temporada", disse.

"Estou muito feliz por jogar em um torneio tão forte como o espanhol. Será um ano competitivo e venho com a ideia de conseguir bons resultados", acrescentou.

Juca se recupera da amigdalite que o impediu de treinar normalmente esta semana.

"Tive momentos difíceis, porque, durante três ou quatro dias, estive de cama, sem forças, mas estou melhor", disse.

O meia brasileiro ficou doente depois da estreia com gol pelo Deportivo La Coruña contra o Olympique de Lyon.

"Estou feliz por ter ajudado a equipe. Sempre jogo para ganhar, e pude marcar meu primeiro gol e ajudar meus colegas", afirmou.

Juca mostra que sacrifica o interesse pessoal pelo coletivo. "Meu contrato não coloca que tenha que estar entre os 11, mas tenho vontade de jogar. Todos temos vontade de jogar, e quem ganha é o Deportivo La Coruña. É uma briga saudável, porque todos nos respeitamos e é o treinador que vai escolher", disse.

O brasileiro passa pela pré-temporada com essa mentalidade, com o objetivo de ganhar uma vaga entre os 11 titulares que abrirão o Campeonato Espanhol no último fim de semana desse mês frente ao Real Madrid, uma equipe que não lhe dá medo.

"Medo nunca. Jogo futebol porque gosto e, se algum dia sentir medo, no seguinte deixarei de jogar. Pelo contrário, partidas como a do Real Madrid são as que gostamos de jogar, porque tem os melhores jogadores do mundo. Estamos nos preparando para dar um nível bom, porque será um jogo difícil", concluiu. EFE caf/an


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias