iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/07 - 20:00

Ameaçado no G-4, Bugre tenta retomar ponta contra Atlético-GO
"Nós estamos encarando este jogo como uma verdadeira decisão, pois é um confronto direto", afirmou o atacante Caíque

Gazeta Esportiva

CAMPINAS - O Guarani conseguiu, em quatro rodadas, transformar uma situação extremamente confortável na Série B em muito delicada. Depois de perder a liderança e estender seu jejum de vitórias, o time recebe o Atlético-GO às 21 horas (de Brasília) desta sexta-feira, no Brinco de Ouro da Princesa, onde o time pode voltar à primeira posição ou até mesmo perder seu lugar na zona de acesso.

"Nós estamos encarando este jogo como uma verdadeira decisão, pois é um confronto direto", afirmou o atacante Caíque, preocupado com a série do Bugre: o time não vence há quatro jogos e a distância de quatro pontos que chegou a acumular na primeira colocação acabou. Agora, o time está um ponto atrás do Atlético-GO e apenas dois acima do Vasco, quinto colocado.

Assim, a equipe comandada por Oswaldo Alvarez aposta na força que tem dentro de casa para voltar a ser o melhor time da Segundona. "Ele conversou conosco depois do jogo e disse que essa pressão só vai acabar quando voltarmos a vencer. O torcedor ainda está do nosso lado, mas essa sequência ruim precisa acabar", avisou Caíque.

Durante a semana, Vadão levou os treinamentos do time para um complexo esportivo comandado pelo Exército em Campinas, onde pôde trabalhar com portões fechados. Ele terá de volta o volante Luciano Santos, recuperado de lesão, e o zagueiro Márcio Alemão, que cumpriu suspensão. O lateral esquerdo Andrezinho é dúvida, com entorse no tornozelo esquerdo, e depende de avaliação médica.

O Atlético-GO também chega para a 'decisão' da 15ª rodada da Série B completo. Nesta quarta-feira, o zagueiro Jairo foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e está liberado para atuar sob o comando de Mauro Fernandes, que ainda terá o retorno do lateral esquerdo Chiquinho e o volante Pituca.

"Temos um grupo bem escolhido e não encontramos dificuldades nas peças de reposição do elenco. Temos grandes chances de manutenção desta liderança, graças a este equilíbrio", afirmou Mauro Fernandes ao Sportv, satisfeito com o que tem à disposição. Assim, a equipe chega para o duelo com confiança total.

Isso porque desde a sétima rodada o time goiano vem perseguindo o Guarani. A irregularidade que prejudicava o time cessou e, com três vitórias consecutivas, o Dragão vem mais forte do que nunca. Depois de finalmente tomar a primeira colocação, tem a chance perfeita para se firmar na posição.

FICHA TÉCNICA
GUARANI x ATLÉTICO-GO


Local: Estádio Brinco de Ouro da Pricensa, em Campinas (SP)
Data: 31 de julho de 2009
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: José Javel Silveira e Carlos Henrique Selbach (ambos do RS)

GUARANI: Douglas; Maranhão, Bruno Aguiar, Márcio Alemão e Andrezinho; Cléber Goiano, Luciano Santos, Glauber e Walter Minhoca; Caíque e Ricardo Xavier.
Técnico: Oswaldo Alvarez

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gil, Jairo e Chiquinho; Leandro Carvalho, Pituca, Robston e Elias; Marcão e André Leonel
Técnico: Mauro Fernandes


Leia mais sobre: Guarani Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias