iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/07/2009 - 17:40

Com desfalques, Antonio Carlos pede superação no São Caetano

Técnico já adiantou que o time vai ter que compensar com raça a falta de entrosamento

Gazeta Esportiva

SÃO CAETANO DO SUL - Enquanto luta para acertar o São Caetano e afastá-lo da crise pela qual passa na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Antonio Carlos tem que brigar também com o elevado número de desfalques que deixam inconstante a escalação da equipe. Para a partida desta terça-feira, ele mais uma vez terá de fazer alterações e, sem tempo para treinar, já adiantou: o time vai ter que compensar com raça a falta de entrosamento.

"Mais uma vez não vou conseguir repetir uma escalação. Por isso, muitas vezes, o entrosamento deve ser superado pela vontade", disse o comandante, que ainda não conseguiu levar o Azulão a uma vitória - após o empate por 1 a 1 com a Portuguesa, na última rodada, o time passou a ocupar a lanterna da Segundona, com apenas seis pontos em 10 jogos.

Serão quatro ausências: o volante Adriano, o zagueiro Douglas, o ala Roger e o volante Ademir Sopa. Por outro lado, o zagueiro Anderson Marques e o lateral esquerdo Bruno Recife retornam, facilitando um pouco a vida do comandante.

Apesar disso, os atletas preferem olhar a campanha da equipe pelo lado bom. É o caso do meia Eduardo Ramos, que ressalta a evolução da equipe nas duas últimas rodadas, quando empatou com o vice-líder Atlético-GO e com a Lusa, dois times que brigam pela outra ponta da tabela.

"O São Caetano mostrou contra estas equipes que tem qualidade e poder para vencer. Estamos confiantes, mesmo sabendo que o jogo será fora de casa e diante de uma equipe que também está abaixo na tabela", disse o jogador, esperançoso pela reação do time do ABC Paulista.

Apesar de ser a pior equipe da Série B, o São Caetano pode deixar a zona de rebaixamento ainda nesta rodada. Para isso, depende de combinação de resultados, segundo a qual precisa bater o ABC-RN e contar com derrotas de Paraná, Campinense e Juventude. Mesmo assim, o goleiro Luiz prefere manter o foco apenas no duelo disputado no Frasqueirão, em Natal-RN.

"Não podemos pensar nos outros resultados. Somamos pontos nas duas últimas rodadas. Uma vitória sobre o ABC-RN diminuiria a pressão, aumentaria nossa confiança e seria um pontapé para uma arrancada de um time que possui um elenco de bom nível", afirmou o arqueiro.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias