iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/07/2009 - 16:10

"Quase na Copa", Luis Fabiano se declara à Ponte e quer voltar

Atacante visitou o Moisés Lucarelli e não escondeu sua empolgação sobre sua provável volta à África do Sul

Gazeta Esportiva

CAMPINAS - Artilheiro e eleito o segundo melhor jogador da última Copa das Confederações, Luis Fabiano começa a fazer duas projeções na carreira. Uma é a curto prazo: jogar a Copa do Mundo de 2010, na qual o atacante se vê quase garantido. A outra é para daqui a muitos anos, que é o retorno à Ponte Preta, seu clube do coração.

Dos dois desejos, entretanto, o que mais tem motivado o ainda jogador do Sevilla é o de voltar à África do Sul em 11 meses. Sem comentar sobre o interesse do Milan pelo seu futebol, o ex-são-paulino visitou o Moisés Lucarelli nessa quarta-feira abrindo sorrisos por sua carreira.

"Vivo um momento muito feliz. A um ano da Copa do Mundo poder estar vivendo esta fase na seleção é espetacular. Praticamente garante o passaporte à Copa. Está perto, faltam poucos jogos para a convocação final", comentou o centroavante, satisfeito com seu trabalho na seleção. "Espero continuar dando conta do recado, fazendo gols. Espero participar da próxima Copa e ser muito feliz não só participando. Gostaria muito de fazer história ganhando a Copa do Mundo", continuou.

Depois de entrar na lista dos brasileiros campeões mundiais, a meta é voltar para Campinas, sua cidade natal. E especificamente para jogar na Ponte Preta, clube que o revelou. O artilheiro fez sucesso pelo São Paulo antes de atuar na Europa, mas nutre mais carinho pela Macaca, uma paixão de infância.

"Em todo lugar que vou, sempre falo da Ponte Preta porque o clube sempre vai estar no meu coração. O São Paulo também me deu muitas coisas, mas realmente não escondo o desejo de um dia vestir de novo a camisa da Ponte Preta. Se Deus quiser, posso voltar a vestir esta camisa", afirmou, explicando seus laços com a equipe alvinegra.

"Desde pequeno sempre fui torcedor da Ponte Preta. Minha família toda é. Meu avô tinha o sonho de me ver jogando com a camisa da Ponte Preta. Consegui conquistar este desejo e dar esta alegria para a minha família e meu avô", disse, definindo o que é torcer para a Ponte.

"Todo pontepretano é fanático, é louco. A Ponte Preta representa muita coisa para muita gente. Para mim representa muita coisa porque é o clube que me revelou e me deu condições de chegar onde estou até hoje", agradeceu.


Leia mais sobre: Luis Fabiano Copa do Mundo Ponte Preta

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias