iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/06/2009 - 10:16

Ainda irritado com Beltrami, Léo nega ofensa a árbitro

Segundo o juiz, o ala teria se dirigido desrespeitosamente a ele, após o gol de Molina, anulado pela arbitragem

Gazeta Esportiva

SANTOS - O cartão vermelho recebido por Léo na derrota do Santos para o Atlético-MG por 3 a 2 em plena Vila Belmiro há quase 10 dias ainda causa irritação no jogador. Expulso após reclamar do árbitro Djalma José Beltrami, pela anulação do gol de Molina, que daria o empate aos santistas no final do jogo, o lateral esquerdo teve o seu nome citado pelo juiz carioca na súmula do confronto e, por conta disso, deve ser indiciado pelo tribunal do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) - o que pode lhe render uma punição.

Segundo Djalma Beltrami, o ala teria se dirigido desrespeitosamente a ele, após a marcação do gol de Molina, anulado pela arbitragem. "Você está de sacanagem, p...", escreveu Beltrami, na súmula que foi encaminhada à CBF.

Admitindo ter ficado aborrecido com a decisão do árbitro naquela ocasião, o camisa 3 do Peixe negou que tenha utilizado palavras de baixo calão para ofender o juiz. "Bom, o árbitro pode colocar o que ele quiser na súmula. O que eu falei não tem como tirar, só o que o mais errado foi ele, que acabou o jogo antes do tempo e anulou aquele gol do Molina. Eu não o ofendi, apesar de a vontade ter sido muita", contou Léo.

Inconformado com o desempenho de Djalma José Beltrami naquela partida, o lateral não perdeu a oportunidade de dar uma 'cutucada' no árbitro carioca. "Trapalhada é sempre trapalhada", destacou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias