iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

04/06/2009 - 16:38

Mustafá acusa: "Palmeiras está cheio de dívidas"
A oposição também marcou presença na apresentação dos novos uniformes do Palmeiras, nesta quinta-feira, no Salão Nobre do Palestra Itália

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A oposição também marcou presença na apresentação dos novos uniformes do Palmeiras, nesta quinta-feira, no Salão Nobre do Palestra Itália. O ex-presidente Mustafá Contursi, principal líder do grupo de oposição, apresentou uma língua afiada ao analisar a atual gestão alviverde, comandada por Luiz Gonzaga Belluzzo.

A oposição também marcou presença na apresentação dos novos uniformes do Palmeiras, nesta quinta-feira, no Salão Nobre do Palestra Itália. O ex-presidente Mustafá Contursi, principal líder do grupo, utilizou uma língua afiada ao analisar a atual gestão alviverde, comandada por Luiz Gonzaga Belluzzo.

"Estou muito preocupado com o que tenho visto no clube. Hoje, o Palmeiras é o produto de publicitários que não contam a verdade", afirmou o polêmico dirigente. "O Belluzzo não é tudo isso que falam", emendou.

Mustafá Contursi deixou a presidência alviverde no início de 2005. Sua administração foi marcada por altos e baixos. Durante a parceria com a Parmalat, o Verdão ganhou títulos importantíssimos - Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e até a sonhada Libertadores da América de 1999.

Só que o fim do acordo com a empresa italiana trouxe consequências graves ao Palmeiras. Em 2002, a falta de planejamento levou o clube de Palestra Itália ao rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Antes de deixar a presidência, Mustafá Contursi comandou o Verdão na conquista da Série B.

Mesmo com falhas em seu trabalho no Palestra Itália, o dirigente demonstra convicção ao apontar os erros de Belluzzo, que ganhou a fama de pacificador no Palmeiras. "Falta austeridade, o clube está cheio de dívidas, entregaram o patrimônio a terceiros, não há competência para fazer o clube se projetar", citou Mustafá Contursi.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias