iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/05/2009 - 17:32, atualizada às 19:35 15/05

Vasco atrasa parcelas e Paraná pode ter Pimpão de volta

Cruzmaltino parcelou os R$ 700 mil acordados em sete pagamentos mensais de R$ 100 mil, nem todos quitados

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Vasco corre o risco de perder um dos seus principais atacante desta temporada. Com duas parcelas referentes ao pagamento de Rodrigo Pimpão atrasadas, o Paraná pode entrar na Justiça para reaver o jogador caso os cariocas não cumpram sua parte no acordo.

Em parceria com o empresário Carlos Leite, o Vasco tirou o jogador do clube paranaense por R$ 1,4 milhão. O agente já quitou sua metade e ficou com 50% dos direitos do jogador, enquanto o Cruzmaltino preferiu parcelar os R$ 700 mil em sete pagamentos mensais de R$ 100 mil.

Depois de pagar as duas primeiras parcelas ao Paraná, o Vasco deixou vencer o prazo das duas últimas, sendo que, além delas, ainda faltam mais três. Mediante o impasse, o clube tricolor ameaça tomar as medidas legais para fazer valer seus direitos. Os cariocas, por sua vez, prometem que deverão resolver a situação na próxima semana.

Com dívidas acumuladas, o Vasco tem problemas para saldar seus compromissos em dia. A acordo com a nova patrocinadora Eletrobrás ainda não foi oficializado devido a necessidade do clube obter certidões negativas de débito. Junto a isto, o clube está com dificuldades para receber R$ 1,3 milhão da fornecedora de materiais esportivos Champs, que não vem cumprindo o contrato firmado com o Cruzmaltino.


Leia mais sobre: Rodrigo Pimpão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Vasco

Rodrigo Pimpão
Permanência do atacante no clube carioca depende de acerto das parcelas restantes

Topo
Contador de notícias