iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/04/2009 - 09:16

Pepe: "Não tenho vontade de voltar a jogar futebol"

Jogador corre o risco de ficar fora do Espanhol por ter cometido pênalti e ainda chutar rival do Real Madrid

Gazeta Esportiva


MADRI (Espanha) - O zagueiro Pepe está com vergonha de si mesmo. Após alguns minutos de explosão emocional e agredir dois jogadores do Getafe na terça-feira, o brasileiro naturalizado português vive um dos momentos mais turbulentos da carreira.

Correndo o risco de sofrer uma punição dura da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) pelos atos violentos cometidos, o defensor do Real Madrid desabafou nesta quarta-feira. Pepe declarou que não tem mais vontade de jogar futebol.

Pepe corre risco de pegar gancho pesado; assista!


Todo o dilema vivido hoje por Pepe começou aos 42 minutos do segundo tempo da partida de terça. O zagueiro cometeu pênalti em Casquero quando o Real empatava por 2 a 2. Revoltado com a marcação, ele deu dois pontapés nas costas do adversário e foi expulso pelo árbitro. Antes de deixar o campo, ainda deu um soco no rosto de Albín, também do Getafe.

Pepe, agora, corre o risco de ser suspenso de todo o restante do Campeonato Espanhol. Mas o jogador da seleção portuguesa não pensa nisso, por enquanto. "O pior castigo é o que estou passando agora. Tenho chorado muito e não tenho vontade de voltar a jogar futebol", desabafou o jogador, ao jornal Marca.

"Estes têm sido os piores dias da minha vida", acrescentou o luso-brasileiro, que diz não ser um atleta violento. Para ele, foi um momento de explosão. "Por várias vezes assisti às repetições daqueles instantes. Não me reconheço naquelas imagens, aquele não era eu. Fiquei louco", complementou.

Assista ao vídeo com a agressão do luso-brasileiro Pepe


Leia mais sobre: Pepe Real Madrid

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Pepe, zagueiro do Real, agride adversário

Pepe
"Não me reconheço naquelas imagens. Fiquei louco", diz jogador sobre agressão

Topo
Contador de notícias