iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/04 - 14:34

Santos contra-ataca e promete processar Lusa por acusações

Marcelo Teixeira quer que o time do Canindé seja cobrado a apresentar provas contundentes sobre o caso

Gazeta Esportiva

SANTOS - A informação foi confirmada pelo diretor de futebol do Alvinegro Praiano, Adilson Durante Filho: "Estamos tomando as medidas cabíveis sobre o assunto através do nosso Departamento Jurídico. Iremos processá-los na esfera judicial e entraremos com uma representação contra a Portuguesa na Federação Paulista de Futebol", disse Durante Filho.

A diretoria do Santos se manifestou nesta quarta-feira contra a suspeita levantada pela Portuguesa, de que o zagueiro Jean, da Ponte Preta, teria recebido algum tipo de suborno para cometer o pênalti que originou o terceiro gol do Peixe na partida do último domingo, o tento anotado por Kléber Pereira, que garantiu aos santistas a classificação para as semifinais do Campeonato Paulista.

Indignado com as acusações da Lusa, o presidente alvinegro, Marcelo Teixeira, prometeu que o clube irá acionar juridicamente a Portuguesa pelas acusações e entrará com uma representação na Federação Paulista de Futebol, para que o time do Canindé seja cobrado a apresentar provas contundentes sobre o caso.

A informação foi confirmada pelo diretor de futebol do Alvinegro Praiano, Adilson Durante Filho, em contato com a reportagem da Gazeta Esportiva.Net. "Estamos tomando as medidas cabíveis sobre o assunto através do nosso Departamento Jurídico. Iremos processá-los na esfera judicial e entraremos com uma representação contra a Portuguesa na Federação Paulista de Futebol", disse Durante Filho.

A cúpula santista, por intermédio do site oficial do clube, colocou uma nota no qual repudia a atitude do presidente lusitano, Manuel Da Lupa. Confira abaixo o comunicado.

"O Santos Futebol Clube lamenta e repudia a atitude temerária e incompreensível do presidente da Associação Portuguesa de Desportos de acusar ou insinuar, através da mídia nacional, que o clube teria alguma participação ou iniciativa ilícita com relação ao atleta da Ponte Preta, Jean, que cometeu o pênalti que resultou na marcação do terceiro gol do Peixe no jogo realizado no último domingo (05/04), que por consequência classificou o Alvinegro Praiano para a próxima fase do Estadual."

Em virtude disso, o Santos FC notificou o dirigente supracitado pedindo a apresentação de provas que respaldem suas afirmações ou se retrate ainda nesta quinta-feira (08) sob pena de serem adotadas providências penais e cíveis visando responsabilizá-lo pelos danos causados ao clube e seus dirigentes.

Vale ressaltar que a Ponte Preta emitiu um comunicado oficial onde também lamentou e repudiou a atitude do presidente da Portuguesa, defendendo o caráter, a honestidade e a ética de seu jogador Jean, a quem reafirmou ser um atleta muito sério.

O Santos FC enviou cópia da notificação à Federação Paulista de Futebol e ao Tribunal de Justiça Desportiva para acompanhamento do caso e adoção das medidas cabíveis para resguardar a imagem do Peixe, bem como do Campeonato Paulista.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias