iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

02/04 - 14:34, atualizada às 19:01 02/04

Após duas décadas, Fla rompe com Petrobras e não renova patrocínio
O compromisso entre Flamengo e a multinacional estatal do ramo petrolífero expirou oficialmente em 31 de janeiro

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Flamengo entrará em campo a partir de agora com uma camisa estritamente rubro-negra. O clube carioca oficializou nesta quinta-feira o fim do contrato de patrocínio com a Petrobras, que há 24 anos estampava seu logotipo no manto da equipe da Gávea.

O compromisso entre Flamengo e a multinacional estatal do ramo petrolífero expirou oficialmente em 31 de janeiro, e durante os meses de fevereiro e março o Fla realizava uma propaganda gratuita da empresa. Entretanto, a burocracia que envolvia a renovação do acordo contratual foi o fator-determinante para que não houvesse um novo documento assinado.

"Por 25 anos a Petrobras nos ajudou e participou das nossas glórias, mas decidimos sair dessa linha de patrocínio", informou o presidente interino Delair Dumbrosck no início desta tarde. "Não poderíamos seguir com os problemas com a empresa", complementou o mandatário.

O Flamengo teve problemas para conseguir uma Certidão Negativa de Débito com o Governo Federal, e portanto não conseguiu desbloquear os R$ 14,2 milhões que receberia da Petrobras em 2009. No Fla-Flu deste domingo, o clube da Gávea entrará com uma camisa lisa. Mas o manto rubro-negro sem logomarcas deverá durar pouco tempo.

"Estamos em negociações avançadas com uma outra empresa para patrocínio", contou Dumbrosck. "Quase anunciamos esse acerto no último domingo, mas infelizmente não vai dar tempo para apresentar o novo parceiro para o clássico com o Fluminense", encerrou Dumbrosck.


Leia mais sobre: Flamengo Petrobras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Flamengo

Flamengo
No Fla-Flu deste domingo, o time da Gávea entrará com uma camisa lisa, sem patrocínio estampado

Topo
Contador de notícias