iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/03 - 23:08

Bruno lamenta: "Avisei o Marcão, não podia dar espaço ao Ronaldo"

Goleiro do Palmeiras reclama de falha de seu zagueiro no gol de Ronaldo, que deu o empate ao Corinthians no clássico

Gazeta Esportiva

PRESIDENTE PRUDENTE - Aos 47 minutos, em meio à pressão corintiana em busca do empate, Douglas cobrou escanteio e a bola passou por Bruno e Marcão até encontrar a cabeça de Ronaldo. O lance que tirou a vitória do Palmeiras neste domingo já era previsto pelo goleiro, que só pode lamentar pelo vacilo do zagueiro.

"Não podíamos dar espaço para o Ronaldo e sabíamos disso. Até chamei o Marcão para falar: 'chega em cima dele'", relatou o camisa 45, ainda no gramado, que aumentou a precaução ao ver o Fenômeno carimbar seu travessão minutos antes. "Na segunda chance, ele fez o gol. Não podíamos dar espaço", frisou.

Bruno, no entanto, evitou repetir o titular Marcos, que costuma criticar o time quando há falhas como no clássico em Presidente Prudente. Escalado porque o camisa 12 está machucado, o arqueiro não entendeu o erro de Marcão, mas enalteceu seus companheiros.

"Estava no primeiro pau e o Douglas cobrou o escanteio muito alto no segundo pau. Não sei o que aconteceu, se o Ronaldo desgarrou e se livrou da marcação...", contou. "Sabíamos da qualidade do Corinthians e marcamos o jogo inteiro em cima. Quem errasse perderia, mas ainda bem que empatamos. Temos que minimizar esse erro."

Solução de fora?
Desfalque de última hora, Edmilson, contratado para dar experiência à jovem defesa palmeirense, foi substituído pelo também 'vívido' Marcão porque sentiu contratura na coxa esquerda. Após o Derby, admitiu que sua presença seria relevante.

"Sempre ouvimos que o jogo do dia 8 era o mais importante e conheço o meu trabalho. Sabia que a equipe precisava de gente experiente. Mas senti a contratura no treino de sexta-feira, treinei no sábado de manhã e conversei com a comissão técnica. Não dava para acelerar minha recuperação a tempo de jogar", disse o camisa 3, criticado depois da derrota por 3 a 1 para o Colo Colo na terça-feira, pela Libertadores.


Leia mais sobre: Ronaldo Corinthians Palmeiras Campeonato Paulista

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias