iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

03/03 - 13:17

Antônio Carlos não é mais diretor de futebol do Corinthians
O principal motivo da demissão foi a sua possível participação na noitada de Ronaldo, no interior paulista

Redação iG Esporte com agências

SÃO PAULO - O ex-zagueiro Antônio Carlos deixou o cargo de diretor de futebol do Corinthians. A assessoria de imprensa do clube confirmou que o dirigente entregou o cargo ao presidente Andrés Sanchez na manhã desta terça-feira e teve seu pedido aceito pelo mandatário alvinegro.

A acusação de ter participado da noitada de Ronaldo em Presidente Prudente teria sido o principal motivo para a demissão de Zago, homem de confiança do presidente Andres Sanchez. Oficialmente, porém, o dirigente informou que deixa o cargo para se tornar treinador. O clube também não confirmou se o desligamento tem alguma ligação com Ronaldo.

A farra do Fenônemo, além de ter prejudicado a imagem de Antônio Carlos, gerou uma multa de 10% no salário do atacante, que devia ter se apresentado às 23h no hotel onde a delegação estava hospedada, mas só apareceu por volta das 5h30.

Nesta segunda-feira Ronaldo pediu desculpas a todo elenco corintiano, que aceitou as explicações do atacante. Em forma, o Fenômeno depende apenas do aval do técnico Mano Menezes para estrear no clássico do próximo domingo contra o Palmeiras, em Presidente Prudente.

Amigo pessoal do presidente Andrés Sanchez, Antônio Carlos aceitou trocar os campos para se tornar cartola assim que encerrou a carreira no Santos, no final do ano de 2007.

Por sua indicação, chegaram ao Corinthians muitos titulares do técnico Mano Menezes, como o zagueiro Chicão e o lateral André Santos, além do próprio técnico, que conversou com Antônio Carlos quando ainda estava ligado ao Grêmio, e o agora ex-diretor alvinegro, ligado ao Santos.

*Com Gazeta Esportiva


Leia mais sobre: Antônio Carlos Corinthians Ronaldo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Antônio Carlos

Antônio Carlos
Dirigente pediu demissão do cargo de diretor de futebol e está fora do Corinthians

Topo
Contador de notícias