iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/02 - 19:25

São Paulo descarta culpa por tumulto no Morumbi e pede fim das polêmicas

Clube garante que a divisão de ingressos (10% da carga aos visitantes) foi feita de forma correta e com grande antecedência

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Apesar de ser considerado culpado pelo Corinthians, o São Paulo assegura: não tem qualquer tipo de responsabilidade pelos incidentes ocorridos no clássico deste domingo, no Morumbi. O Tricolor garante que a divisão de ingressos, proporcionando apenas 10% da carga aos visitantes, foi feita de forma correta e com grande antecedência.

"Para nós, o jogo terminou ontem. Os incidentes não podem ser debitados ao São Paulo. Comunicamos o Corinthians muito tempo antes das medidas, que não foram de maneira hostil, mas sim devido a uma questão comercial", explicou o diretor de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, em entrevista à Rádio Record.

Segundo o dirigente são-paulino, os comunicados oficiais emitidos pela equipe de Parque São Jorge têm o poder de inflamar os torcedores. "Hoje temos que pacificar, nós não devemos ficar incentivando a rivalidade. O que aconteceu é que as organizadas do Corinthians foram hostis e a polícia reagiu", afirmou João Paulo de Jesus Lopes.

No São Paulo, parte da diretoria é favorável a cobrar do Corinthians os prejuízos da briga no Morumbi. Muitas cadeiras, hidrantes e até banheiros foram depredados no estádio. Porém, João Paulo de Jesus Lopes mantém a cautela ao abordar o assunto.

"Estamos avaliando prejuízos e, de posse das informações que serão passadas por nosso departamento de patrimônio, o presidente Juvenal Juvêncio vai decidir o que fazer", assegurou o diretor.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

confusão morumbi

Morumbi, domingo
Torcedor corintiano é atendido por colegas na arquibancada, após tumulto depois do clássico

Topo
Contador de notícias