iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/12 - 14:02

Ex-dipensável, Baiano negocia renovação com Vasco
"Já tive umas conversas iniciais com a diretoria, e meu desejo é permanecer no Vasco", afirmou o lateral

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Dado como certo na lista de dispensas do Vasco após o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o lateral-direito Baiano está negociando com a diretoria a renovação de contrato com o Cruzmaltino. A informação foi confirmada pelo próprio jogador na tarde desta sexta-feira em entrevista à rádio Brasil , do Rio de Janeiro.

"Já tive umas conversas iniciais com a diretoria, e meu desejo é permanecer no Vasco. Tive algumas propostas do futebol da Turquia, mas não quero deixar o Brasil neste momento, porque a minha esposa vai ganhar neném", disse Baiano.

O jogador disse que nem mesmo o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro tira a sua motivação de vestir a camisa do Vasco, principalmente porque ele ficou impressionado com a atuação da torcida nos jogos em São Januário.

“Não vejo mal nenhum em disputar a Série B do Campeonato Brasileiro com o Vasco, pois fiquei impressionado com tudo o que a torcida faz em São Januário. É de arrepiar só na chegada ao estádio. E essa sensação maravilhosa aumenta dentro de campo. Por isso, tudo gostaria de permanecer no clube por mais tempo”, disse Baiano.

O jogador explicou o fato de ter jogador muito pouco com a camisa do Vasco. Contratado em setembro, ele chegou a atuar como titular algumas partidas, mas foi logo perdendo espaço nas escalações do técnico Renato Gaúcho.

“Durante todo o momento que estive no Vasco, me esforcei para ser útil ao clube. Fiz grandes partidas contra o Goiás e diante do Atlético-PR, e treinei com muito empenho. Não joguei mais por opção do Renato Gaúcho, mas sei que posso render ainda mais, principalmente participando de uma pré-temporada – coisa que não fiz no ano que está terminando”, disse Baiano.


Leia mais sobre: Vasco Baiano



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo