iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/12 - 19:39

Bayern bate Lyon na França e fica com liderança do grupo F

Miroslav Klose e Franck Ribery foram destaques; Fiorentina venceu o Steaua Bucareste e está na Copa da Uefa

Gazeta Esportiva

LYON (França) - O Bayern de Munique não se importou nem um pouco com a torcida francesa no Stade de Gerland e venceu o Olympique de Lyon nesta quarta-feira. O clube alemão derrotou os anfitriões por 3 a 2 pela última rodada da Liga dos Campeões da Europa e confirmou a primeira posição do grupo F.

Os dois principais destaques da partida foram o atacante Miroslav Klose e o meia Franck Ribery. O alemão marcou duas vezes para o time bávaro, enquanto o francês abriu vários caminhos na perdida defesa do Lyon e ainda teve tempo de marcar uma vez – todos os gols no primeiro tempo.

Pelo lado dos donos da casa, o atacante Sidney Govou foi o responsável por dar um ânimo para o Lyon após anotar o primeiro gol de sua equipe aos sete minutos da segunda etapa. Aos 23, Karim Benzema também fez o seu após uma boa jogada individual.

Os dois times entraram em campo desfalcados nesta quarta-feira. O Bayern não pôde contar com os brasileiros Lúcio na zaga e Zé Roberto no meio-de-campo, ambos machucados. Já o Lyon amargou a suspensão do defensor Cris e do meia Juninho Pernambucano.

Sem os dois principais xerifes da zaga, a partida foi marcada por uma sucessão de erros de ambos os lados. O Bayern oscilou no início da partida e conseguiu se segurar bem. Pior para o Lyon, que pecou no restante do jogo e viu os atacantes do clube alemão passearem em sua defesa.

A vitória elevou o Bayern aos 14 pontos, mantendo o time germânico na primeira posição do grupo F. O Lyon, também classificado por antecipação, ficou com a vice-liderança da chave, com 14. Na outra partida do grupo, a Fiorentina venceu o Steaua Bucareste fora de casa por 1 a 0, com gol de Gilardino, e garantiu a vaga na Copa da Uefa, seis com pontos – contra um dos representantes do Leste Europeu.

Agora, tanto Bayern de Munique como Lyon aguardam o sorteio da Uefa para saberem seus respectivos adversários nas oitavas-de-final da Champions League. A primeira rodada da fase eliminatória acontecerá nos dias 24 de fevereiro e 11 de março de 2009.

O jogo
O duelo pela liderança do grupo F em Lyon começou mais do que favorável para o time da casa. Logo aos dois minutos, o atacante Éderson teve uma boa chance de gol após cruzamento de Karim Benzema. O brasileiro, sem marcação, cabeceou na grande área para o gol e o goleiro Michael Rensing defendeu no susto.

Éderson teve mais uma boa chance de marcar aos seis minutos. O atacante mais uma vez teve tranqüilidade da desatenta defesa do clube alemão e arriscou um chute rasteiro de fora da área. A bola passou muito perto do gol de Rensing e foi para fora.

O Bayern, em compensação, foi mais objetivo quando deu seu primeiro chute a gol, aos 11 minutos Após um enorme bate e rebate na grande área, o lateral-direito Lamine Gassana tentou tirar a bola de calcanhar e deixou nos pés de Miroslav Klose. O atacante teve tempo de observar o posicionamento do goleiro Hugo Lloris e bater colocado para abrir o placar.

A partir daí, o confronto no Stade Gerlande de mostras de equilíbrio e os dois times relativamente se acertaram no posicionamento defensivo. O Lyon teve a chance do empate aos 32 minutos, quando Éderson tentou mais um chute rasteiro de fora da área e carimbou a trave esquerda do goleiro alemão.

Mas o time da Baviera foi mais uma vez mais eficiente: um minuto depois, Franck Ribery recebeu na intermediária, virou para cima da marcação de Gassama e penetrou livremente na grande área até bater firme para o gol de Lloris e ampliar a vantagem germânica.

O terceiro tento do Roten não tardou a acontecer. Aos 36 minutos, Ribery fez mais uma jogada brilhante: deu três pedaladas sobre o marcador, tabelou com o volante Bastian Schweinsteiger, recebeu a bola de calcanhar e cruzou para a área. Livre, Klose pegou de primeira e, mesmo sem ter acertado em cheio, viu a bola quicar e entrar no ângulo do arqueiro gaulês.

O Lyon só acordou no segundo tempo da partida e chegou ao primeiro gol aos sete minutos. Éderson bateu cruzado na grande área, Rensing espalmou e a bola sobrou fácil na pequena área para Sidney Gouvou mandar para dentro do gol.

O técnico Claude Puel, então, resolveu colocar o Lyon ainda mais para a frente: o treinador sacou o lateral Gassama para a entrada do volante sueco Kim Kallstrom e ainda tirou o meio-campista Anthony Mounier para colocar em campo o atacante brasileiro Fred.

A ousadia de Puel deu certo, e o OL encostou no placar aos 23 minutos com Benzema. O meia-atacante francês progrediu na grande área, driblou Rensing e apenas empurrou a bola para descontar o placar para 3 a 2.

A grande chance do empate francês surgiu aos 33 minutos, mas parou nas mãos do goleiro Rensing. Fred desviou de cabeça um cruzamento da esquerda e obrigou o camisa 1 do Bayern de Munique se esticar todo para buscar a bola próximo ao chão e praticamente definir o triunfo alemão.

O Lyon seguiu pressionando e mais uma vez teve uma boa chance de beliscar o empate aos 44 minutos com Kallstrom, mas Rensing mais uma vez apareceu bem posicionado para espalmar a bola para escanteio. O clube francês ainda viu Fred mandar uma bola rente à trave aos 46 minutos, mas não conseguiu comemorar o empate.


Leia mais sobre: Lyon Bayern de Munique



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo